Tudo Sobre

Concurso Manaustrans

Manaustrans definindo plano de cargos e salários

Após a publicação do PCCS, o Manaustrans irá iniciar os procedimentos para lançar concurso público visando à contratação de mais agentes de trânsito, engenheiros e cargos administrativos



Renan Abbade
Publicado em 03/09/2013, às 15h33

O presidente do Instituto Municipal de Engenharia e Fiscalização do Trânsito (Manaustrans), Paulo Henrique Martins, anunciou, no dia 27 de agosto, a criação de uma comissão para elaboração do Plano de Cargos Carreiras e Salários (PCCS) que vai estruturar uma política salarial para os servidores do órgão. O Plano será concluído até o dia 26 de setembro.

Após a publicação do PCCS, o Manaustrans irá iniciar os procedimentos para lançar concurso público visando à contratação de mais agentes de trânsito, engenheiros e cargos administrativos. As medidas fazem parte das estratégias da prefeitura de Manaus, capital amazonense, para promover a motivação entre servidores do instituto e estabelecer o plano de carreira.

Entre outras medidas, o PCCS implanta gratificações por crescimento profissional para os servidores. “Acreditamos que o encaminhamento dado pelo presidente do Manaustrans atende 90 por cento das nossas reivindicações. As outras questões serão resolvidas a partir da aprovação do Plano”, segundo Josiane Gonçalves, presidente do Sindicato dos Agentes de Trânsito e Fiscais de Transportes de Manaus (Sindtran).

Durante o encontro, o presidente do Manaustrans anunciou o lançamento de um plano de demissão voluntária para agentes de trânsito contratados pelo regime da CLT que hoje desenvolvem atividades paralelas. Ele informou ainda que está sendo criada uma comissão para fazer o processo migratório de agentes celetistas que optem pelo regime estatutário. “Queremos ver nossos agentes motivados, bem vestidos e incentivados a colaborar com o crescimento da nossa cidade”, declarou o presidente do Manaustrans.

Em 2011, foi realizado um concurso com objetivo de preencher 500 vagas, além de formar cadastro de reserva, no cargo de agente de autoridade de trânsito. A organização do certame coube ao Centro de Estudos Avançados e Treinamento (CEAT). A função exigia nível médio e Carteira Nacional de Habilitação (CNH) nas categorias A e B. Com jornada de trabalho de 30 horas semanais, o salário proposto era de R$ 415, mais gratificação de exercício do cargo no valor de R$ 1.244,58, além de auxílio-alimentação.

Com informações do Portal da Prefeitura de Manaus

Atualizada às 10h do dia 4 de setembro de 2013

+ Resumo do Concurso Manaustrans

Manaustrans
Vagas: Não definido
Taxa de inscrição: Não definido
Cargos: diversos
Áreas de Atuação: Não definido
Escolaridade: Não definido
Faixa de salário:
Organizadora: O próprio órgão
Estados com Vagas: AM

+ Agenda do Concurso

03/09/2014 Divulgação do Resultado Adicionar no Google Agenda

Comentários

Mais Lidas