Tudo Sobre

Concurso Cespe/UnB

Cespe/UnB pretende utilizar computadores nas provas

Organizadora utilizará equipamentos em processos seletivos de maior abrangência. Objetivo é avaliar o grau de conhecimento dos candidatos, de forma mais específica



Redação
Publicado em 04/05/2012, às 17h34

O Centro de Seleção e de Promoção de Eventos da Universidade de Brasília (Cespe/UnB) se prepara para utilizar em escala nacional, a partir do próximo semestre, os Testes Adaptativos Computadorizados (CAT, na sigla em inglês) em provas objetivas de certificações, avaliações e concursos públicos.

Isso significa que a organizadora passará a utilizar computadores nos processos seletivos de maior abrangência, eliminando a necessidade dos testes em papel. A novidade foi anunciada pelo Cespe/UnB, destacando que o objetivo é aprimorar a medição de proficiência do candidato.

Os equipamentos serão preparados para analisar o grau de conhecimento, tomando por base as respostas fornecidas. De acordo com a organizadora, o método vem sendo testado desde julho de 2010 e agora está apto a ser utilizado em “grandes eventos”.


Enem

De acordo com a assessoria técnica de comunicação da Cespe/UnB, existe a possibilidade de o CAT também ser  utilizado futuramente nas provas aplicadas ao Exame Nacional do Ensino Médio (Enem).

Mas, para isso acontecer, será preciso decisão favorável do Ministério da Educação (MEC) e a adequação da ferramenta para o exame. Também será necessário avaliar as primeiras provas realizadas com essa ferramenta.

O sistema adotado no novo modelo de prova é o mesmo já utilizado no Enem, a Teoria de Resposta ao Item (TRI), que permite a comparação de resultados considerando as respostas dadas às questões.

Como funciona

Ao invés de serem aplicados em salas de aula comuns,  os testes acontecerão em laboratórios de informática. Para isso, o estabelecimento (universidades, escolas e outros) deverá contar com este tipo de instalação.

Os funcionários utilizados pelo Cespe/UnB serão os mesmos, desempenhando as funções já atualmente atribuídas. O sistema de preparação das salas, dos computadores e de todo o trâmite burocrático, como conferir assinaturas e documentos dos participantes, continuará o mesmo.

Provas

O Cespe/UnB criou um algoritmo responsável por sequenciar as questões conforme as respostas marcadas pelo candidato. Desta forma, se o candidato acertar a primeira questão, em geral de nível médio de dificuldade, uma pergunta de maior nível de proficiência será apresentado em seguida. Se errar, será apresentado um com nível mais baixo. As questões, segundo o Cespe/UnB, são mantidas em um banco de itens da instituição.

“É possível que uma questão rode um vídeo ou mostre a imagem de uma obra de arte”, exemplifica o coordenador de pesquisa em avaliação do Cespe/UnB, Marcus Vinícius Soares. O candidato saberá sobre seu nível de aproveitamento (proficiência) logo ao fim da avaliação.

O fato de as questões serem diferentes também possibilitará a aplicação do teste em dois ou mais dias, exigindo o mesmo nível de conhecimento de todos os candidatos. Com isso, não haverá o prejuízo de vazamento de informações sobre o conteúdo.

O órgão destaca que não fará investimentos na compra de computadores, sendo das instituições, onde as provas serão aplicadas, a responsabilidade por disponibilizá-los.


Informações atualizadas às 16h40 de 04/05/2012.

George Corrêa

+ Resumo do Concurso Cespe/UnB

Cespe/UnB
Vagas: Não definido
Taxa de inscrição: Não definido
Cargos: Não definido
Áreas de Atuação: Não definido
Escolaridade: Não definido
Faixa de salário:
Organizadora: O próprio órgão
Estados com Vagas: AC, AL, AM, AP, BA, CE, DF, ES, GO, MA, MG, MS, MT, PA, PB, PE, PI, PR, RJ, RN, RO, RR, RS, SC, SE, SP, TO

+ Agenda do Concurso

04/05/2013 Divulgação do Resultado Adicionar no Google Agenda

Comentários

Mais Lidas