Segurança: mais de 11 mil vagas no Sudeste em 2013

As Polícias Civil e Militar dos Estados de SP, MG, RJ e ES preparam novos concursos para a área de segurança pública em 2013

Redação
Publicado em 03/12/2012, às 16h22

Os Estados da Região Sudeste preparam novos concursos para a área de segurança pública em 2013.

A Polícia Civil de São Paulo, que divulgou no último mês os concursos para os cargos de perito, investigador, escrivão e agora para agente policial,confirmou que ainda deve publicar mais um dos editais previstos.

Até o final do ano será liberada a seleção com 103 vagas de papiloscopista, cargo que exige curso de nível médio completo. Os demais editais (auxiliar de necropsia, auxiliar de papiloscopista e atendente de necrotério) também estão garantidos,mas ficarão para o próximo ano.

Já a Polícia Militar do Estado de São Paulo já fez solicitação ao governo para que possa abrir 2.300 vagas de soldado efetivo de ambos os cargos. Para concorrer à função será exigido o ensino médio, idade entre 18 e 30 anos e altura mínima de 1,60m para mulheres e 1,65m para homens.

No Rio de Janeiro serão oferecidas 6.965 vagas efetivas para a Polícia Militar em 2013. Serão diversas carreiras de níveis médio, técnico e superior.

O governo do Espírito Santo já autorizou a realização de novos concursos para a PM e Polícia Civil com um total de 1.213 oportunidades.

E em Minas Gerais já estão confirmadas 3.175 vagas para a Polícia Militar, entre os cargos de soldado, oficial de saúde, praça especialista em saúde e assistente administrativo.

Veja todos os detalhes dessas próximas seleções na edição impressa do JC&E que está nas bancas.

E ainda:

- Questõescomentadas de direito para as provas da Polícia Civil/SP

- Edital completo da Polícia Civil/SP para 391 vagas de agente policial

- Ministério da Integração Nacional tem até este mês para liberar edital com 122 vagas

- Novo concurso do BNDES fica para 2013

- Novo documento de autorização altera concurso da ANTT, que agora terá 135 vagas

- Ancine terá seleção para contratar 80 profissionais temporários

Comentários

Mais Lidas