Banco do Brasil prepara mudanças em próximos concursos

A instituição está em busca de um novo perfil profissional para a carreira de escriturário. Por isso, a partir do próximo concurso passará a cobrar novos conteúdos

Redação
Publicado em 13/08/2012, às 14h56

Quem pretende participar dos próximos concursos para o cargo de escriturário do Banco do Brasil, um dos mais tradicionais do país, deve ficar atento a algumas mudanças que serão feitas na prova.


A instituição está em busca de um novo perfil profissional para a carreira de escriturário, e quer um candidato que esteja apto a enfrentar as novas demandas do setor bancário.


Por isso, a partir do próximo concurso – que deve ser aberto até o final do ano, com vagas para 15 Estados – passará a incluir redação na prova, além de conteúdos voltados à área de serviços, como técnica de vendas e cultura organizacional. Outras disciplinas já cobradas anteriormente terão seu enfoque reformulado e peso maior para a aprovação.


Quem esclarece as novidades é o diretor de Gestão de Pessoas do Banco do Brasil, Carlos Netto, em entrevista à edição impressa do JC&E desta semana.

O cargo de escriturário exige o nível médio completo e tem salário inicial de R$ 1.760.


Confira os detalhes nas bancas!


Concurso autorizado em São Paulo

Na última semana o governador Geraldo Alckmin, autorizou a abertura de um novo concurso para a Secretaria da Fazenda do Estado de São Paulo (Sefaz/SP).


Serão 238 vagas para o cargo de analista de planejamento, orçamento e finanças públicas. O cargo requer curso superior em qualquer área. O salário inicial previsto é de aproximadamente R$ 5.800. O edital deve ser publicado no início de 2013.

Comentários

Mais Lidas