SAP/SP: 1.100 vagas de nível médio este mês

Serão 1.000 vagas de agente de escolta e vigilância penitenciária e 100 postos de agente de segurança

Redação
Publicado em 03/10/2011, às 13h03

A Secretaria de Administração Penitenciária de São Paulo (SAP/SP) já instituiu a comissão organizadora dos próximos concursos para as novas vagas autorizados recentemente pelo governador do Estado, Geraldo Alckmin.
Serão 1.000 vagas de agente de escolta e vigilância penitenciária e 100 postos de agente de segurança. A intenção, com o preenchimentos desses postos, é substituir gradativamente os cerca de 4 mil policiais militares, que hoje exercem funções na secretaria, e que poderão retornar às suas funções de policiamento.
Ambas as funções poderão ser disputadas por aqueles que possuem o ensino médio completo. O cargo de agente de escolta será apenas para candidatos do sexo masculino, com altura mínima de 1,65m e que tenha carteira de habilitação (provavelmente nas categorias “D” ou “E”).
Os salários vão de R$ 1.592,60 a 1.993,96, mais benefícios e adicional de insalubridade, no valor de R$ 436. 
Na edição impressa do JC&E você já pode começar a se preparar com as questões de língua portuguesa retiradas da prova do concurso anterior, realizado em 2008.
INSSFalta muito pouco para o lançamento do aguardado edital do INSS, com a oferta de 2.500 vagas em todo o Brasil.
Na verdade, basta que o Ministério do Planejamento publique a portaria de autorização formal no Diário Oficial da União, pois o departamento de RH do órgão informou que o edital está quase pronto e passa apenas pelos ajustes finais.
Mais vagas em breve Outras seleções que estão prestes a serem lançadas são as do Degase (Departamento Geral de Ações Socioeducativas), órgão vinculado à Secretaria Estadual de Educação do Rio de Janeiro; a Secretaria de Fazenda do Estado do Rio de Janeiro (Sefaz/RJ); a CEB (Companhia Energética de Brasília) e a Secretaria Municipal de Habitação de São Paulo (Sehab).
Todos os detalhes você confere na versão impressa do JC&E que está nas bancas.

Veja também:
Coluna William Douglas: provas de múltipla escolha
Tribunal Eleitoral: TSE define Consulplan como organizadora

Comentários

Mais Lidas