Tudo Sobre

Concurso Governo

Orçamento de SP libera 6.090 vagas para concursos

Lei orçamentária de São Paulo abre caminho para autorização de pelo menos três grandes concursos: Polícia Civil, Centro Paula Souza e Procuradoria Geral do Estado



Fernando Cezar Alves
Publicado em 08/01/2016, às 12h24

O governador Geraldo Alckmin sancionou, no último dia 29 de dezembro, a lei complementar 16.083, que define o orçamento do estado para 2016. Com isto, já pode autorizar pelo menos três concursos, previstos no projeto orçamentário. Ao todo, somam 6.090 vagas, sendo 3.176 para a Polícia Civil (PC/SP), 2.596 para o Centro Estadual de Educação Tecnológica Paula Souza (Ceeteps) e 318 para a Procuradoria Geral do Estado (PGE).  Do total, 428 são para cargos com exigência de ensino fundamental, 1.919 para ensino médio e 3.743 para nível superior, com iniciais que chegam a R$ 19.352,88.

Polícia Civil

Para a Polícia Civil, o orçamento destina R$ 30,5 milhões, para realizar concursos e cursos de formação para aprovados nos últimos certames. A corporação aguarda autorização para 3.176 vagas, sendo 851 para cargos de ensino médio e 2.325 para nível superior, com iniciais até R$ 10.079,28.Para ensino médio, os pedidos são para agente policial (248 vagas), atendente de necrotério (54), auxiliar de papiloscopista (136), papiloscopista policial (72), agente de telecomunicações (252), auxiliar de necropsia (36), desenhista técnico pericial (11) e fotógrafo pericial (41). Para agente policial, atendente de necrotério e auxiliar de papiloscopista, o inicial é de R$ 3.365, com adicional de insalubridade, e para os demais, R$ 4.023,29.Para nível superior:  escrivão (922), investigador (985), médico legista (68), perito (129) e delegado (221), com iniciais de R$ 4.171,49 para investigador e escrivão, R$ 8.538,49 para legista e perito e R$ 10.079,28 para delegado.Veja matéria específica da Polícia Civil, clicando aqui.

Centro Estadual Paula Souza

Já no Centro Paula Souza, o orçamento reserva R$ 112.434.684 para ampliação de vagas nas escolas técnicas e R$ 104.408.216 nas faculdades de tecnologia. Para isto, já vem realizando concursos para docentes e aguarda autorização para 2.596 vagas na área administrativa.Destas, 428 são para cargos de ensino fundamental, 978 para médio e 1.190 para superior. Todas as de ensino fundamental são para oficial de suporte, com R$ 1.072. Para ensino médio, todas são para agente técnico administrativo, com R$ 1.142. Já as de nível superior são para agente de supervisão educacional (49 vagas e inicial de R$ 3.832,60), analista de suporte e gestão (1.105, R$ 2.519) e especialista em planejamento educacional, obras e gestão (36, R$ 3.889,60).Veja matéria específica da Paula Souza, clicando aqui

Procuradoria Geral do Estado

Por fim, para a Procuradoria Geral do Estado, o orçamento reserva R$ 753,2 milhões para criar vagas e realizar concursos. O órgão aguarda autorização para preencher 318 vagas, sendo 90 para ensino médio e 228 para nível superior.Todas de ensino médio são para oficial administrativo, com inicial até R$ 1.738,81. Em nível superior, 180 são para procurador, com R$ 19.352,88, além de analista administrativo (2, até R$ 3.110,58), analista sociocultural (7, até R$ 3.110,58) e engenheiro (39, até R$ 4.855,24).
Matéria específica da Procuradoria pode ser acompanhada clicando aqui.

+ Resumo do Concurso Governo

Governo
Vagas: 6090
Taxa de inscrição: Não definido
Cargos: Vários cargos, investigador, Procurador, Oficial
Áreas de Atuação: Judiciária / Jurídica, Administrativa, Educação, Operacional, Segurança Pública
Escolaridade: Ensino Fundamental, Ensino Médio, Ensino Técnico, Ensino Superior
Faixa de salário: De R$ 1072,00 Até R$ 19352,00
Organizadora: O próprio órgão
Estados com Vagas: SP

+ Agenda do Concurso

07/01/2017 Divulgação do Resultado Adicionar no Google Agenda

Comentários

Mais Lidas