Tudo Sobre

Concurso Prefeitura

Prefeitura/SP: auditoria aponta carência de servidores

De acordo com documento publicado no último dia 25 de julho, somente no decorrer de 2016, a prefeitura contou com um total de 3.039 saídas de servidores a mais que o total de ingressos



Fernando Cezar Alves
Publicado em 31/07/2017, às 12h58

A Prefeitura de São Paulo registrou um aumento de nada menos do que 3.039 vagas em termos de déficit no seu quadro de pessoal, somente no decorrer de 2016, de acordo com parecer divulgado no último dia 25 de julho,pelo Tribunal de Contas do Município de São Paulo (TCM/SP), no julgamento das contas do Executivo municipal, relativo ao exercício de 2016. De acordo com o relatório apresentado, no decorrer do ano passado, a prefeitura contratou 5.640 servidores, enquanto foram registradas 8.679 saídas de pessoal, em decorrência de aposentadorias, falecimentos ou desligamentos, o que reforça a necessidade de novas contratações. Vale lembrar que, desde que tomou posse, em janeiro, o prefeito João Doria ainda não autorizou a realização de nenhum concurso público,alegando a necessidade de estudos para novas contratações.

Segundo o relatório, ao final de 2016, a auditoria constatou um total de 129.523 servidores ativos na administração direta, considerando os vínculos efetivos, admitidos, em comissão, contratos de emergência e requisitados, ou seja, servidores de outros órgãos que prestam serviços na prefeitura. Este quantitativo refletiu uma queda de 3.714 servidores em relação ao exercício anterior, sendo que, no final de 2016, os efetivos representavam 91,5% do total de servidores municipais.

Durante o exercício de 2016, segundo a auditoria do TCM/SP, foram publicados 13 editais para provimentos de cargos efetivos, totalizando1.595 vagas e cadastros reserva, homologados no primeiro semestre do último ano. A auditoria constatou, ainda, inconsistências nos critérios de nomeação adotados pela Secretaria de Governo Municipal, no que se refere às cotas reservadas aos portadores de deficiência e aos negros, negras e afrodescendentes.

Novos concursos

Há pelo menos dois importantes concursos em planejamento já confirmados, que aguardam apenas o término da análise das condições financeiras, aguardando autorização por parte do prefeito João Doria.

O primeiro é para o cargo de agente vistor, vinculado à Secretaria Municipal de Prefeituras Regionais, antiga Secretaria Municipal de Subprefeituras. O cargo, que não conta com nova seleção desde 2002, já tem sido alvo de questionamentos até mesmo por parte do Ministério Público do Estado de São Paulo (MP/SP), em decorrência da grande necessidade de pessoal. Para concorrer é necessário possuir nível superior em qualquer área, com remuneração inicial de até R$ 5.140.

Para mais informações sobre este concurso, basta clicar aqui

Outro concurso previsto para 2017 e que aguarda apenas autorização do prefeito é o de auditor fiscal municipal classe I, vinculado à Secretaria Municipal da Fazenda de São Paulo. O órgão aguarda parecer do prefeito para que possa realizar um novo certame para o preenchimento de 100 vagas. Neste caso,para concorrer é necessário possuir curso de nível superior em qualquer área deformação, com remuneração inicial de até R$ 16.273,72, já considerando complementos.

Outras informações sobre o certame podem ser conferidas aqui

+ Resumo do Concurso Prefeitura

Prefeitura
Vagas: Não definido
Taxa de inscrição: Não definido
Cargos: Não definido
Áreas de Atuação: Não definido
Escolaridade: Não definido
Faixa de salário:
Organizadora: O próprio órgão
Estados com Vagas: SP

+ Agenda do Concurso

31/07/2018 Divulgação do Resultado Adicionar no Google Agenda

Comentários

Mais Lidas