Tudo Sobre

Concurso Assembleia Legislativa

Assembleia/MG: novo concurso continua em pauta

A comissão do concurso da Assembleia Legislativa de Minas Gerais ainda vai delimitar o número de vagas que serão abertas no edital. O último grande processo seletivo do órgão ocorreu em 2008



Camila Diodato
Publicado em 11/02/2016, às 12h45

Segue em planejamento o concurso da Assembleia Legislativa do Estado de Minas Gerais, só que por enquanto não foram definidos detalhes como os cargos e o número de vagas.
De acordo com a assessoria de imprensa da Assembleia, desde que foi criada a comissão do concurso, o processo não apresentou muitos avanços, mas o mesmo continua em pauta e, em breve, pode haver novidades.
No ano passado, o setor de gestão de pessoas da instituição já havia informado que a previsão era de que o edital fosse publicado no decorrer de 2016.
Assim que avaliar os postos que constarão no concurso, a comissão poderá iniciar os trâmites para a abertura do processo seletivo, como a escolha da banca organizadora.

Comissão do concurso da Assembleia Legislativa/MG


Formada em 12 de agosto do ano passado, a comissão é composta pelos servidores Marcelo de Almeida e Silva, Theophilo Moreira Pinto Neto, Ana Carolina Utsch Terra, Marcelo Fonseca Ribeiro de Castro, Marcelo Migueletto de Andrade, Maria Vitória Vieira Gomide, Wamberto Dias da Silva e Maria Isabel Gomes de Matos.

Último grande concurso da Assembleia/MG


Em 2008, a Assembleia de Minas publicou edital com 221 vagas distribuídas em cargos com exigência de níveis médio, técnico e superior. A organização do certame ficou sob a responsabilidade da Fundação de Desenvolvimento da Pesquisa (Fundep) e a triagem de todos os participantes ocorreu por meio de provas objetivas.

Candidatos com ensino médio e/ou técnico puderam se inscrever para as colocações de policial legislativo – masculino e feminino, técnico de apoio legislativo, técnico em edificações, técnico em eletrônica, técnico em eletrotécnica, técnico em enfermagem, técnico em mecânica, técnico em telecomunicações e técnico gráfico.

Aos candidatos graduados, o concurso disponibilizou chances para os empregos de procurador; analista de projetos educacionais; analista de recursos humanos; analista de sistemas/área I (desenvolvimento de sistemas); analista de sistemas/área II (administração de rede); analista de sistemas/área III (suporte técnico); arquiteto; arquivista; assistente social; bibliotecário; consultor administrativo; consultor em direito/área I (direito constitucional e administrativo); consultor em direito/área II (direito tributário); consultor legislativo/área I (gestão pública); consultor legislativo/área II (finanças públicas); consultor legislativo/área III (desenvolvimento econômico); consultor legislativo/área IV (meio ambiente e agropecuária); consultor legislativo/área V (saúde pública); consultor legislativo/área VI (educação, cultura, ciência e tecnologia, desporto e lazer); consultor legislativo/área VII (desenvolvimento social e defesa social); consultor do processo legislativo; engenheiro civil; engenheiro eletricista; engenheiro mecânico; engenheiro de telecomunicações; historiador; jornalista/área I (assessor de imprensa); jornalista/área II (editor de texto de TV); jornalista/área III (produtor de TV); jornalista/área IV (repórter de rádio); jornalista/área V (repórter de TV); médico; médico cardiologista; médico do trabalho; programador visual área I (programador visual/designer); programador visual área II (web designer); psicólogo; redator-revisor; relações públicas; e taquígrafo.

+ Resumo do Concurso Assembleia Legislativa

Assembleia Legislativa de São Paulo - Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo
Vagas: Não definido
Taxa de inscrição: Não definido
Cargos: Não definido
Áreas de Atuação: Não definido
Escolaridade: Não definido
Faixa de salário:
Organizadora: O próprio órgão
Estados com Vagas: MG

+ Agenda do Concurso

10/02/2017 Divulgação do Resultado Adicionar no Google Agenda

Comentários

Mais Lidas