Tudo Sobre

Concurso TJ

TJ/AM: presidente confirma concurso para 25 vagas

Tribunal de Justiça do Amazonas abrirá oportunidades para as carreiras de assistente e auxiliar, que apresentam salários de R$ 3,6 mil e R$ 1,9 mil, respectivamente, sem incluir os benefícios



Camila Diodato
Publicado em 12/02/2015, às 12h34

Durante a abertura do ano judiciário, realizada na última terça-feira (10/2), a presidente do Tribunal de Justiça do Amazonas (TJ/AM), desembargadora Graça Figueiredo, reforçou a realização de concurso para as carreiras de assistente e auxiliar judiciários. As oportunidades a serem abertas serão destinadas à comarca do interior do Estado.

De acordo com informações da assessoria de comunicação do TJ/AM, o edital de abertura do certame será publicado no começo de março, entre essa e a próxima semana.

O TJ pretende abrir ainda neste primeiro semestre edital com 25 vagas, sendo 11 para assistente e 14 para auxiliar. A seleção trará chances para a comarca da 7ª sub-região - Região Rio Negro/Solimões, que abrange as cidade de Coari, Beruri, Caapiranga, Autazes, Codajás, Manaquiri, Novo Airão, Anori e Anamã.

Prepare-se: Provas Anteriores do TJ.


Prepare-se: Edição Digital do Jornal dos Concursos.

Para concorrer ao emprego de assistente judiciário, o interessado precisará ter certificado ensino médio, emitido por instituição reconhecida pelo Ministério da Educação (MEC). Já a função de auxiliar judiciário necessitará de nível fundamental.

No momento, os vencimentos iniciais correspondem a R$ 3.678,39 para assistente e a R$ 1.925,20 para auxiliar. Além dos salários, o tribunal oferece R$ 1.276,65 de vale-alimentação e R$ 279,57 de auxílio-saúde.

Último concurso


Em 2013, o TJ do Amazonas realizou seleção com 300 oportunidades de níveis fundamental, médio e superior. A Fundação Getúlio Vargas (FGV) foi a empresa escolhida para ficar responsável por todas as etapas do certame.

Para as pessoas com ensino fundamental havia chances na colocação de auxiliar administrativo I, com oportunidades entre as comarcas de Careiro, Careiro da Várzea, Iranduba, Itacoatiara, Manacapuru, Presidente Figueiredo e Rio Preto da Eva.

Curso de nível técnico foi requisito para o cargo de assistente judiciário nas seguintes áreas: assistente técnico judiciário, auxiliar de consultório dentário, editor gráfico, programador, suporte ao usuário de informática, técnico em telecomunicações e web designer. As chances foram distribuídas nas mesmas comarcas do auxiliar, além da de Manaus.

Já para os profissionais com diploma de graduação, o processo seletivo disponibilizou vagas para o empregos de analista judiciário I, nas especialidades de administração, arquivologia, direito, designer gráfico ou desenhista industrial, economia, enfermagem, engenharia ambiental e sanitária, engenharia elétrica, engenharia mecânica, cardiologia, ginecologia, psicologia, pedagogia, serviço social e qualquer área de formação; e analista judiciário II para atuar como leiloeiro e oficial de justiça avaliador. Postos destinaram-se à capital manauara.

Todos os participantes passaram por avaliações objetivas com questões que versaram sobre língua portuguesa, raciocínio lógico-quantitativo, noções de informática, legislação institucional, direito constitucional, direito administrativo, direito civil e processual civil, direito penal e processual penal, legislação do Estado do Amazonas e/ou conhecimentos específicos.

Conteúdo programático do auxiliar


Confira abaixo os temas exigidos no último concurso para a carreira de auxiliar judiciário, na parte de conhecimentos básicos:

Língua portuguesa: Ortografia oficial. Acentuação gráfica. Flexão nominal e verbal. Concordância nominal e verbal. Regência nominal e verbal. Pronomes: emprego, colocação e formas de tratamento. Emprego de tempos e modos verbais. Vozes do verbo. Emprego do sinal indicativo de crase. Pontuação. Sintaxe da oração e do período. Redação e correspondências oficiais. Compreensão e interpretação de textos.

Raciocínio lógico-quantitativo: Entendimento da estrutura lógica de relações arbitrárias entre pessoas, lugares, objetos ou eventos fictícios. Dedução de novas relações fornecidas e avaliação das condições usadas para estabelecer a estrutura daquelas relações. Compreensão e análise da lógica de uma situação. Raciocínio verbal, raciocínio matemático, raciocínio sequencial. Orientação espacial e temporal. Formação de conceitos e discriminação de elementos.

Noções de informática: Componentes de um computador: hardware e software. Arquitetura básica de computadores: unidade central, memória: tipos e tamanhos. Periféricos: impressoras, drivers de disco fixo (Winchester), disquete, CD-ROM. Uso do teclado, uso do mouse, janelas e seus botões, diretórios e arquivos (uso do Windows Explorer): tipos de arquivos, localização, criação, cópia e remoção de arquivos, cópias de arquivos para outros dispositivos e cópias de segurança, uso da lixeira para remover e recuperar arquivos, uso da ajuda do Windows. Uso do Word for Windows: entrando e corrigindo texto, definindo formato de páginas: margens, orientação, numeração, cabeçalho e rodapé definindo estilo do texto: fonte, tamanho, negrito,itálico e sublinhado, impressão de documentos: visualizando a página a ser impressa, uso do corretor ortográfico, criação de textos em colunas, criação de tabelas, criação e inserção de figuras no texto.

* Matéria atualizada em 2 de março de 2015 às 14h57min

+ Resumo do Concurso TJ

TJ
Vagas: 25
Taxa de inscrição: Não definido
Cargos: Auxiliar judiciário, Assistente Judiciário
Áreas de Atuação: Administrativa, Operacional
Escolaridade: Ensino Fundamental, Ensino Médio, Ensino Técnico
Faixa de salário: De R$ 1925,20 Até R$ 3678,39
Organizadora: O próprio órgão
Estados com Vagas: AM

+ Agenda do Concurso

07/05/2015 Abertura das inscrições Adicionar no Google Agenda
08/06/2015 Encerramento das inscrições Adicionar no Google Agenda
07/06/2016 Divulgação do Resultado Adicionar no Google Agenda

Comentários

Mais Lidas