MenuJC Concursos
Busca
Notícias | | Aulas Grátis | Provas anteriores | Simulados | Empregos | Brasil
Tudo Sobre

Empregos Rio de Janeiro

Reprovação em exame psicológico será justificada

Projeto de lei propõe que reprovações nos exames psicológicos de concursos estaduais sejam justificadas.



Redação
Publicado em 13/08/2010, às 13h53

WhatsAppFacebookTwitterLinkedinGmail

A Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj) aprovou, na última quarta-feira (11), um projeto de lei para que as reprovações nos exames psicológicos de concursos da administração pública estadual sejam obrigatoriamente justificadas.

De autoria do deputado Flávio Bolsonaro (PP), o projeto (nº. 2.727/09) propõe que a reprovação seja fundamentada por escrito, “comprovando a incompatibilidade do perfil do candidato com a função pública em análise, sob pena de nulidade do ato”.

Bolsonaro alega falta de transparência no processo e que com a nova medida, o candidato rejeitado poderá ter acesso ao conteúdo da fundamentação e assim, requerer novo teste.

A avaliação psicológica costuma ser uma das últimas etapas a ser enfrentada pelos concurseiros e são comuns em concursos para a área de segurança.

O texto será enviado ao governador Sérgio Cabral, que terá 15 dias úteis para sancionar ou vetar a proposta.

(Com informações da Diretoria de Comunicação Social da Alerj)

Maysa Correa

Veja também:

Polícia Civil/SP: edital deverá ser publicado nos próximos dias

BNDES: veja o que estudar para a prova de técnico

Fiocruz: edital abre 850 vagas com salário de até R$ 12 mil

Siga o JC Concursos no Google News e acompanhe nossos destaques

+ Resumo Empregos Rio de Janeiro

Rio de Janeiro
Vagas: Não definido
Taxa de inscrição: Não definido
Cargos: Não definido
Áreas de Atuação: Não definido
Escolaridade: Não definido
Faixa de salário:
Organizadora: O próprio órgão
Estados com Vagas: RJ

+ Agenda

13/08/2011 Divulgação do Resultado Adicionar no Google Agenda
Voltar ao topo

+Mais Lidas

JC Concursos, o seu Jornal dos Concursos de sempre. Imparcial, independente, completo.