Tudo Sobre

Concurso Polícia Civil

Professora analisa prova de português para escrivão

Os recursos contra os gabaritos podem ser enviados até amanhã, 1° de março.



Douglas Terenciano
Publicado em 28/02/2013, às 15h00

A professora Sandra Ceraldi Carrasco, de língua portuguesa, comenta as questões da prova aplicada no último domingo (24), pela Vunesp, para os candidatos ao cargo de escrivão da Polícia Civil de São Paulo. O processo seletivo vai preencher 244 vagas de nível superior e contou com 11.714 inscritos.

Os recursos contra os gabaritos podem ser enviados até amanhã, 1° de março, pelo site www.vunesp.com.br.

A prova trouxe 26 questões de língua portuguesa retiradas de textos informativos, cartum e charge, selecionando o candidato por meio de interpretação textual, o que contou com aproximadamente 50% da prova. A outra parcela dos questionamentos ocorreu exatamente sobre regras normativas: crase, concordância, regência, colocação pronominal, emprego de pronomes, pontuação, correlação e grafia de verbos, tudo de forma tranquila e sem “pegadinhas”.

Confira todas as questões comentadas pela professora Sandra no documento anexado ao lado.

Sobre Vunesp

Criada em 1979, a Fundação para o Vestibular da Universidade Estadual Paulista (Vunesp) possui personalidade jurídica de direito privado, sem fins lucrativos. A banca tem como principais atividades: planejar, organizar, executar e supervisionar o  vestibular da Unesp; realizar vestibulares e concursos diversos para outras instituições e promover as atividades de pesquisa e extensão de serviços à comunidade, na área educacional.

+ Resumo do Concurso Polícia Civil

Polícia Civil
Vagas: 244
Taxa de inscrição: R$ 60,85
Cargos: Não definido
Áreas de Atuação: Administrativa
Escolaridade: Ensino Superior
Faixa de salário: Até R$ 2758,34
Organizadora: Vunesp
Estados com Vagas: SP

+ Agenda do Concurso

28/02/2014 Divulgação do Resultado Adicionar no Google Agenda

Comentários

Mais Lidas