Qual o seu problema de visão?

Estava correndo no Parque Ibirapuera, em São Paulo, e me vi pensando: como os problemas de visão podem afetar a realização dos nossos sonhos?

Redação
Publicado em 21/11/2014, às 14h48

Daniel Sena

Estava correndo no Parque Ibirapuera, em São Paulo, e me vi pensando: como os problemas de visão podem afetar a realização dos nossos sonhos?

É verdade que as deficiências da visão nos afetam fisicamente e muitos de vocês que me leem sabem disso. Mas existe um problema na visão que não é de ordem física. Não está relacionado à visão que temos com os nossos olhos. O que me proponho a falar agora é sobre aquela visão da alma. Quero falar sobre o nosso olhar sobre a vida, sobre o mundo, sobre os nossos sonhos.

Toda conquista precisa primeiramente ser visualizada. Quando enxergamos com clareza nossos objetivos, avançamos com passos largos rumo a eles. Entretanto, alguns problemas em nossa visão acabam por afastar ou até impedir a realização dos nossos sonhos. Quais as principais enfermidades da nossa visão?

A primeira é a miopia. Miopia é a deformidade na visão que nos impede de enxergar longe. Quantas vezes deixamos de alcançar nossos objetivos por não enxergarmos longe. Somos fruto de uma sociedade cada vez mais imediatista. Enxergamos nada mais do que nosso umbigo. Não temos paciência. Não cultivamos boas perspectivas. Se você estuda para concurso, a sua visão tem que estar o mais longe possível. Quanto mais longe, mais realista. Quanto mais longe, menos pressão. Quanto mais longe, mais tempo para preparação. Quanto mais longe estiver seu olhar, mais chance você terá de alcançar seu objetivo.

Outro problema de visão que afeta os seres viventes é o astigmatismo. O astigmatismo provoca uma visão distorcida das coisas. Você enxerga tudo embaçado, sem foco. Ninguém chega a um bom lugar sem foco. Sem foco ficamos perdidos. Sem foco andamos para todos os lados e não chegamos a lugar algum. O pior é que quando não temos foco, acabamos por gastar todo o nosso tempo em vão. Investimos tudo que temos em prol de vários objetivos, mas como estávamos sem foco, acabamos por perder a força concentrada em uma só coisa. Quando concentramos nossa força em um só objetivo, tendemos a alcançá-lo com muito mais facilidade.

Agora, não existe nenhum problema pior do que a cegueira. O cego não consegue enxergar nem de perto nem de longe. Ele simplesmente não visualiza as grandes oportunidades que a vida lhe guarda. O cego não sabe para onde ir. O cego não sabe se dá para ir. Se não tiver ninguém para ajudá-lo a enxergar ele não sairá do lugar. Alguns não enxergam porque nunca tiveram oportunidade. Outros não enxergam simplesmente porque não querem enxergar. Nos dois casos, essas pessoas precisam de ajuda. Precisam de alguém para guiá-los pela escuridão de suas vidas.  

Qualquer que seja o problema de visão, eu quero te dizer que a cura existe. Sim. A cura existe desde que você se permita ser curado. Como estamos falando da visão/perspectiva, a cura está em uma mudança de consciência. A primeira coisa que você precisa é saber que está com problema. O reconhecimento da deficiência é um pressuposto básico para a cura. Uma vez identificado o problema, você precisa querer se curar.Algumas pessoas sabem que têm problemas na visão mas não querem melhorar. Não é possível ajudar quem não quer ser ajudado! Uma vez identificada a enfermidade, você precisará de ajuda. Ora, se você chegou até aqui é porque não conseguiu resolver o seu problema sozinho. Ninguém é tão suficiente que consiga resolver todos os seus problemas sem nenhuma ajuda. Busque ajuda. Mas busque ajuda com quem possa te ajudar. Não adianta buscar ajuda com outro cego.

É fundamental que você busque ajuda com quem consegue enxergar com perfeição seus objetivos. Não que a visão corrigida é certeza de atingimento dos objetivos. A conquista requer muito mais do que isso. Mas enxergar para onde se quer ir, é fundamental para se chegar lá.

Gosto da ajuda de quem já chegou onde desejo chegar. Eles geralmente percorreram caminhos que eu nunca conheci, atalhos que eu jamais descobriria sozinho. Pedir ajuda dos mais experientes encurta nosso caminho, diminui o trabalho e elimina as dificuldades.

Finalizo aqui com algumas perguntas: você tem algum problema de visão? Se tem, você está disposto a procurar ajuda? Se está disposto a ser ajudado, você já procurou ajuda?

Independente da sua resposta, deixo aqui o meu conselho. Não se contente com essa situação de formada da sua visão. Corrija sua visão sobre seus objetivos. Não se acostume com a forma de enxergar que você teve até hoje. Com uma visão corrigida você chegará em lugares nunca antes imaginados e com certeza atingirá todos os seus objetivos.

Daniel Sena é diretor do AlfaCon São Paulo, professor de direito constitucional e especialista em concursos públicos. Twitter: @ProfDanielSena. Facebook:/Profdanielsena.

Comentários

Mais Lidas