Ferroeste disponibiliza resultado final para 142 vagas

Ofertas para todos os níveis de escolaridade; remunerações de até R$ 6,2 mil

Redação
Publicado em 04/07/2012, às 11h54

A Estrada de Ferro Paraná Oeste S/A (Ferroeste) já divulgou o resultado do concurso que vai preencher 142 vagas em seu quadro de servidores.

As avaliações aconteceram no dia 6 de maio e a relação dos classificados pode ser conferida no anexo ao lado.

Saiba mais
O concurso oferece 64 vagas efetivas e 78 para a formação de cadastro reserva nas cidades de Cascavel, Curitiba, Guaraniaçu, Guarapuava e Laranjeiras do Sul.

Candidatos com nível fundamental incompleto disputam os empregos de artífice de via (30), auxiliar eletricista (4), auxiliar mecânico (3), eletricista (6), mecânico diesel (6), mecânico pneumático (4), mecânico trupe (4) e operador rodoferroviário (7), com vistas a salários de R$ 921,97 a R$ 1.198,55.

Quem completou o ensino fundamental concorreu às funções de auxiliar de produção ferroviário (9), inspetor de via permanente (2), mantenedor civil (4), operador de balança (4), operador de manobra (5), tombador (2), operador de terminal de transbordo (3), servente de limpeza (8) e tratorista (1). Os salários oscilam de R$ 768,31 a R$ 1.452,09.

No nível médio, as ofertas eram para almoxarife (2), analista ferroviário (4), assistente técnico (3), assistente de manutenção (4), assistente financeiro (1), operador de centro de controle operacional (4), operador de manutenção (2), agente de estação (7), supervisor de manutenção eletromecânica (3), supervisor de produção III (3) e técnico de segurança (2). As colocações possuem remunerações de até 2.174,64.

Profissionais com formação superior almejavam as carreiras de analista de informações (R$ 3.567,77), engenheiro eletricista (R$ 6.274,55), médico do trabalho (R$ 3.106,63) e supervisor de recursos humanos (R$ 2.877,04). Já para o emprego de supervisor de centro de controle operacional (2.397,54) era requerida graduação em andamento. Todas as posições possuíam apenas uma oferta.

A jornada de trabalho corresponde a 40 horas semanais, excluindo-se os supervisores e operadores de centro de controle operacional (30 horas) e os médicos do trabalho (20 horas).

Renan Abbade/SP

Comentários

Mais Lidas