Todos os níveis

São Carlos/SP: 86 vagas e salários de até R$ 10,3 mil

Maior número de oportunidades (57) é oferecida a pessoas com formação superior. Psicólogos, enfermeiros, médicos e nutricionistas, entre outros profissionais, podem concorrer

Rodrigo Garibaldi
Publicado em 01/12/2014, às 10h37

A Prefeitura Municipal de São Carlos, cidade do interior paulista localizada a 238 km da capital, está com 86 vagas para cargos em saúde, educação e outras áreas. Há ofertas disponíveis a profissionais de todos os níveis de escolaridade.

Os candidatos interessados devem se inscrever até o dia 18 de dezembro no site www.nossorumo.org.br. As taxas de participação variam de acordo com a formação do concursando: R$ 18 (ensino fundamentalincompleto), R$ 22 (fundamental completo), R$ 32 (médio) e R$ 54 (superior).

As cargas de trabalho estão entre 15 e 40 horas semanais. Já a faixa salarial se estende de R$ 1.079, valor referente ao posto de servente merendeira, a R$ 10.346 mensais, pagos a quem for nomeado médico de saúde da família.

Oportunidades – A maior parte das vagas é destinada a graduados. Das 57 posições, 41 são ligadas ao segmento de saúde, para cargos como psicólogo, nutricionista, enfermeiro e médicos de diversas especialidades. As demais funções são as de professor, engenheiro, orientador técnico de programas da prefeitura, procurador municipal, assistente social, contador e bibliotecário. Os salários vão de R$ 1.567 a R$ 10.346.

Profissionais com ensino médio ocuparão oito vagas. A concorrência é para os cargos de intérprete de Libras, agente educacional, instrutor surdo, auxiliar administrativo escolar, técnico de segurança do trabalho, técnico de enfermagem e técnico de saúde bucal. Vencimentos variam entre R$ 1.219 e R$ 1.658.

As funções de oficial de manutenção, agente operacional, agente de manutenção, coveiro e servente merendeira são as únicas que não exigem formação até a atual 9ª série. Para as 12 oportunidades restantes, é preciso ter ensino fundamental. As posições são as seguintes: agente comunitário de saúde, auxiliar de enfermagem, auxiliar em saúde bucal, cadastrador, motorista e auxiliar de natação. Os salários oscilam de R$ 1.079 a R$ 1.312.

Provas – As avaliações objetivas estão programadas para o dia 1º de fevereiro de 2015 e serão baseadas em questões de múltipla escolha. Os candidatos terão que demonstrar conhecimentos de língua portuguesa, matemática, conhecimentos gerais e específicos, entre outros.

Para determinadas funções, os concorrentes passarão também por provas práticas, agendadas para 15 de março.

Sobre Prefeitura

O Brasil conta, hoje, com 5.570 prefeituras espalhadas por municípios dos 26 Estados do país, além do Distrito Federal. Os municípios são uma circunscrição territorial dotada de personalidade jurídica e com certa autonomia administrativa, sendo as menores unidades autônomas da Federação. Uma prefeitura é a sede do poder executivo do município (semelhante à câmara municipal, em Portugal). Esta é comandada por um prefeito (nas cidades brasileiras e por um presidente de câmara nos municípios portugueses) e dividida em secretarias de governo, como educação, saúde ou meio ambiente. O termo prefeitura também pode designar o prédio onde está instalada a sede do governo municipal, também chamado de paço municipal onde geralmente se localiza o gabinete do prefeito. A instituição da prefeitura de seu encarregado maior, o "prefeito", é algo relativamente novo na história do Brasil. O poder hoje exercido pela prefeitura foi anteriormente exercido pela câmara municipal, pelo conselho de intendência e pela intendência municipal. As prefeituras são órgãos independentes, que não precisam de autorização por parte das administrações federal ou estaduais para realizarem seus concursos públicos, seja para preenchimento na própria sede ou em secretarias vinculadas à ela.

Comentários

Mais Lidas