Saúde/MA: edital com 1.000 vagas previsto para outubro

Seleção foi confirmada pelo secretário de saúde, Carlos Lula, que adiantou que serão oferecidas oportunidades para todos os cargos da área

JC Concursos - Fernando Cezar Alves - Informe o Erro
Publicado: 29/09/2017 - 12:41 | Atualizado: 05/10/2017 - 15:54

A Secretaria Estadual da Saúde do Maranhão  pretende divulgar, ainda no decorrer de outubro, o edital de seu novo concurso público, anunciado em 21 de junho, para o preenchimento de nada menos do que mil vagas, em diversos cargos. O secretário da saúde, Carlos Lula, ressaltou, na ocasião,  que o poder público fortalece a rede de saúde com a realização do certame. De acordo com o secretário, o concurso contará com oportunidades para todas as áreas de atuação, incluindo cargos como médico, administrador hospitalar, enfermeiro e fisioterapeuta.  A aplicação das provas está prevista para o início de 2018.
Este será o primeiro concurso público da pasta há mais de 20 anos. “O concurso vai contemplar mil vagas para a rede de saúde, inclusive para médicos”, ressaltou Lula. “ Mais de 20 anos depois, o governo do estado volta a fazer concurso público. Nós damos perspectiva de estabilidade e segurança para as pessoas. Durante muito tempo elas não puderam entrar no sistema de saúde, senão por indicação política. Fizemos um sistema por meio do qual as pessoas entravam por mérito próprio. Agora, finalmente, o concurso público, que foi pedido por tantas pessoas, vai ser um referencial”, disse.
A seleção será feito sob a responsabilidade da Empresa Maranhense de Serviços Hospitalares (Emserh), que ficará responsável pelo processo de licitação para a escolha da banca organizadora. 
De acordo com o presidente da Emserh, Lanik Leal, isto permitirá realizar o concurso com maior transparência. “Anteriormente não existia isso. Era necessário conhecer alguém para conseguir um emprego. Agora não. A postura do governador e do secretário é para valorizar a meritocracia. Então, quem tiver mais capacidade para passar na prova vai preencher a vaga. A gente acredita que dessa forma cada vez mais a assistência vai ter capacidade por conta de que mais pessoas preparadas entrarão na rede. É uma forma mais justa de se admitir os novos colaboradores”, disse.    

Vídeos Saúde

Saiba mais sobre a técnica da leitura dinâmica


Concursos Relacionados

Mais Lidas

Mais Recentes

Shopping