Tudo Sobre

Concurso Prefeitura São Paulo

SME de São Paulo: decreto pode agilizar concursos

Decisão concede mais autonomia para a Secretaria Municipal de Educação de São Paulo, que conta com 853 vagas já autorizadas para o segundo semestre. Remunerações iniciais de até R$ 4.505



Fernando Cezar Alves
Publicado em 29/05/2015, às 12h46

Boa notícia para quem pretende ingressar no quadro de servidores da Secretaria Municipal de Educação de São Paulo (SME/SP). No último dia 20 de maio, o prefeito Fernando Haddad divulgou o decreto 56.124, que determina que os concursos de ingresso e acesso para provimento de quadros dos profissionais da área de educação, em casos já autorizados pelo prefeito, sejam de responsabilidade da própria SME/SP. Na prática, isto permite maior agilidade na realização dos certames, uma vez que, até então, o processo é realizado em conjunto com a Secretaria Municipal de Planejamento, Orçamento e Gestão (Sempla/SP).

Com isto, a SME/SP ganha mais autonomia, uma vez que, de acordo com o decreto, deverá apenas apresentar os editais para prévia avaliação da Sempla, para exame de adequação técnica aos padrões e normas aplicáveis aos concursos realizados pela prefeitura.

Prepare-se para o concurso Concurso SME/SP 2015

Simulados para concurso de Professor SP
Prova anterior concursos SME/SP
Apostilas concurso SME - Professor de Educação Infantil

Apostilas concurso SME - Supervisor de Ensino 

Segundo a assessoria de imprensa da SME/SP, nos próximos dias deverão ser agendadas reuniões entre membros do órgão e da Sempla para efetuar as mudanças necessárias para colocar em prática a determinação.

Isto deve permitir maior celeridade aos concursos já autorizados para a SME/SP, que somam 853 vagas, sendo 600 para professor de educação infantil, 158 de acesso para diretor de escola, 50 para acesso de supervisor escolar e 45 para analista de informações, cultura e desporto – disciplina biblioteconomia.

Todos estão em fase de escolha da banca organizadora, com editais previstos para ser divulgados no segundo semestre.

Professor

No caso de professor, para concorrer é necessário possuir habitação específica para o magistério, correspondente ao ensino médio, licenciatura plena em pedagogia ou normal superior. Para quem possui formação superior, as remunerações chegam a R$ 3.075, com jornada de trabalho de 30 horas semanais, incluindo salário de R$ 2.345,17, auxílio-refeição de R$ 296,12 (22 dias por mês), auxílio-transporte de R$ 177,12 e vale-alimentação de R$ 257,12.

Quem possui somente magistério pode receber até R$ 2.592,86, considerando salário de R$ 1.862,50, auxílio-refeição de R$ 296,12 (para 22 dias), auxílio-transporte de R$ 177,12 e vale-alimentação de R$ 257,12, também com jornada de 30 horas semanais.

Para algumas localidades, a prefeitura também oferece gratificação de difícil acesso, que varia de R$ 84,21 a R$ 140,34.

A prefeitura também oferece um prêmio de desempenho educacional de R$ 2.400, concedido anualmente.

Diretor

Para as 158 vagas de diretor, o inicial é de R$ 4.961,39, já considerando os benefícios. Para concorrer é necessário possuir licenciatura plena em pedagogia, também sendo considerados pós-graduação strictu sensu em educação ou lato sensu em educação, com mínimo de 800 horas, além de experiência mínima de três anos de magistério.

Supervisor

No caso de supervisor, o inicial é de R$ 5.236,34, com benefícios. Assim como para diretor, também é exigida licenciatura plena em pedagogia, strictu senso em educação ou lato sensu em educação, com mínimo de 800 horas. Porém, a experiência docente deve ser de, no mínimo, seis anos de magistério, sendo três em cargos ou funções de gestão educacional.

Para os dois cargos, como benefícios, a SME/SP oferece auxílio-refeição de R$ 296,12, auxílio-transporte de R$ 177,12 e vale alimentação de R$ 257,12. Também podem contar com gratificação de difícil acesso, que varia de R$ 84,21 a R$ 140,34.

Analista

Finalmente, para as 45 vagas de analista, o inicial é de R$ 4.762,94, com jornada de 40 horas, com aumentos previstos para R$ 5.392,96 em 2016 e R$ 6.106,33 em 2018.

Para concorrer é necessário possuir nível superior em biblioteconomia, com registro no conselho regional.        

+ Resumo do Concurso Prefeitura São Paulo

Prefeitura São Paulo
Vagas: 853
Taxa de inscrição: Não definido
Cargos: Professor, Analista, Diretor, Supervisor
Áreas de Atuação: Educação
Escolaridade: Ensino Superior
Faixa de salário: De R$ 2592,00 Até R$ 5236,00
Organizadora: O próprio órgão
Estados com Vagas: SP
Cidades: São Paulo - SP

+ Agenda do Concurso

28/05/2016 Divulgação do Resultado Adicionar no Google Agenda

Comentários

Mais Lidas