Tudo Sobre

Concurso Estado

Tarso diz que mantém 155 servidores não concursados

O TJ-RS decidiu que o Estado deveria suspender a ocupação das vagas, já que elas não estavam sendo preenchidas por meio de concurso público



Redação
Publicado em 24/08/2011, às 15h49

O governador do Rio Grande do Sul, Tarso Genro (PT), afirmou que não vai demitir os 155 funcionários que estão ocupando cargos comissionados nas secretarias e órgãos do Governo do Estado deste o início do seu mandato.
Na última segunda-feira (22), o Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul decidiu que o Estado deveria suspender a ocupação destas vagas, já que elas não estavam sendo preenchidas por meio de concurso público.
Após se reunir com seu secretariado no Palácio do Piratini, nesta terça-feira, Genro disse que respeita a decisão do Judiciário, mas que o Estado vai recorrer. “Nós vamos enfrentar essa questão num plano puramente jurídico. Para nós, não há nenhuma relação de crise ou instabilidade entre os poderes”, afirmou o governador, defendendo-se com o argumento de que, atualmente, o Governo do Rio Grande do Sul, tem “dezenas de precedentes de leis que foram votadas, que têm o mesmo conteúdo, a mesma fundamentação e continuam com a plena vigência”.
Enquanto o Governo recorre da decisão do TJ-RS e o caso não é resolvido, os secretários e dirigentes comissionados devem continuam trabalhando normalmente.
Leandro Cesaroni

Veja também:

INSS: Ministro confirma edital com 2.500 vagas em setembro

Uruguaiana/RS: câmara abre quatro vagas de níveis médio e superior

+ Resumo do Concurso Estado

Estado
Vagas: Não definido
Taxa de inscrição: Não definido
Cargos: Não definido
Áreas de Atuação: Não definido
Escolaridade: Não definido
Faixa de salário:
Organizadora: O próprio órgão

+ Agenda do Concurso

23/08/2012 Divulgação do Resultado Adicionar no Google Agenda

Comentários

Mais Lidas