Níveis médio e superior

Formada comissão do concurso TJ RS 2019 para oficial e assistente social

Novo concurso para o TJ RS (Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul) terá 24 vagas para oficial de justiça e quatro para assistente social. Níveis médio e superior, com remunerações iniciais de até R$ 9,6 mil,

Fernando Cezar Alves
Publicado em 09/05/2019, às 10h33

Sede do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul
Divulgação

O  TJ/RS  (Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul) divulgou, em 26 de abril, por meio de publicação em diário da justiça eletrônico, os nomes dos membros da comissão organizadora do seu novo concurso público 2019. A seleção contará com uma oferta inicial de 30 vagas, sendo 24 para o cargo de oficial de justiça e quatro para assistente social. "O trabalho desempenhado pelos oficiais de justiça e assistentes sociais judiciário é imprescindível à prestação jurisdicional e não será abrangido pela  esperada diminuição de necessidade de pessoal com a implantação do eproc, porque suas tarefas não são passíveis de automatização. Assim, mostra-se conveniente a autorização do Conselho para dar início às providências necessárias à formatação para posterior abertura de novo concurso para os cargos de oficial de justiça e assistente social", disse a relatora do expediente no Conselho, a corregedora-geral de justiça, desembargadora Denise Oliveira Cezar, quando da autorização do concurso, no mesmo dia.  

Para concorrer ao cargo de oficial de justiça é necessário somente possuir ensino médio, com remuneração inicial de R$ 9.305,55, já considerando auxílio condução de R$ 845,96 e adicional de risco de vida de R$ 1.973,91. No caso de assistente social, a remuneração inicial é de R$ 9.676,90.

As oportunidades serão principalmente para  a classe PJH, que inclui as cidades do interior do estado, cuja validade do último concurso foi encerrada em dezembro de 2018.  

A comissão do concurso é presidida pelo juiz-corregedor Lucas Maltez Kachny. Também fazem parte do grupo os servidores Maurício Ramires e André Vorraber Costa,tendo como suplentes os juízes-corregedores Gioconda Fianco Pitt e André de Oliveira Pires. Para o cargo de assistente social também fará parte a assistente social judiciária Marleni Venério Hoffmeinster. 

Saiba que fazem os oficiais  de justiça do TJ RS

Cabe ao oficial de justiça do TJ RS cumprir pessoalmente mandados e diligências, fazer pregões, citações, notificações, intimações e executar as demais tarefas determinadas nas leis e nos regulamentos. Além disso, atua também em prisões, penhoras, arrestos e demais diligências ordenadas; bem como lavrar certidões e autos das diligências que efetuar e exercer outras atribuições determinadas pelo Juiz.

Como foi o último Concurso do TJ RS

O último concurso para oficial de justiça do TJ RS ocorreu em 2014, quando foram oferecidas 116 vagas. A organizadora foi a Fundação de Apoio da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (Faurgs), para as cidades de Alegrete, Caxias do Sul, Passo Fundo, Pelotas, Porto Alegre, Santa Maria e Santo Ângelo.

A prova objetiva contou com 80 questões, sendo 30 de língua portuguesa (com mínimo de 18 acertos), 40 de conhecimentos específicos/tópicos de legislação (com mínimo de 24) e dez de microinformática (com mínimo de seis).     
 


 

Mais Lidas