MenuJC Concursos
Busca
Últimas Notícias | | Empregos | Sociedade | youtube jc | WEBSTORIES

72% dos brasileiros estão estressados no trabalho, revela pesquisa

O mercado de trabalho está cada vez mais acirrado e exigente. A saúde mental dos profissionais segue como um dos fatores mais preocupantes das organizações

Brasileiros estão estressados no trabalho
Brasileiros estão estressados no trabalho - Freepik
Douglas Terenciano

Douglas Terenciano

douglas@jcconcursos.com.br

Publicado em 01/09/2023, às 13h38 - Atualizado às 13h47

WhatsAppFacebookTwitterLinkedinGmailGoogle News

Com o mercado de trabalho cada vez mais acirrado e exigente, a saúde mental dos profissionais segue como um dos fatores mais preocupantes das organizações. E o motivo é evidente. De acordo com estudos mais recentes da ISMA-BR (International Stress Management Association no Brasil), a principal instituição mundial que estuda o stress, 72% dos brasileiros estão estressados no trabalho, evidenciando um cenário preocupante em relação à saúde mental dos trabalhadores do país.

A presidente da ISMA-BR, Dra. Ana Maria Rossi, enfatiza que o estresse não é necessariamente algo negativo, pois é uma resposta natural do organismo humano. No entanto, é fundamental compreender a distinção entre o estresse positivo e o negativo, buscando formas conscientes de gerenciá-lo de maneira eficaz. “Não podemos dizer que o estresse é algo ruim e a ser combatido, ele é natural no próprio organismo do ser humano. O que precisamos entender é que existe o positivo e negativo e que há formas conscientes de gerenciar melhor o stress”, explicou Ana Maria.

Além disso, a pesquisa também revelou que 32% dos brasileiros estão sofrendo da síndrome de burnout, um esgotamento profissional que pode levar a problemas de saúde mental mais graves e até mesmo ao suicídio em casos extremos.

Para André Bendl, psiquiatra, o gerenciamento do stress é fundamental para promover a vida. “O gerenciamento do streee no cotidiano de nossas vidas é uma das maiores habilidades socioemocionais que podemos estimular que seja desenvolvida, desde criança nas escolas e nos ambientes de trabalho. É fundamental que esse gerenciamento mostre o quanto a percepção do stress nos afeta e o quanto podemos manejar para que de forma resiliente possamos ter uma qualidade vida em saúde otimizada. Ao mesmo também devemos compreender o comportamento suicida como complexo e multifatorial, onde, nos diversos modelos já elaborados para compreensão do mesmo, o eixo hipófise-hipotálamo-adrenal (eixo do estresse) faz parte da sua compreensão, mas jamais como única compreensão de um fenômeno complexo. Como parte do manejo clinico e psiquiátrico dos pacientes em crise suicida, o gerenciamento do estresse e de seus estressores é fundamental para auxiliar uma pessoa a sair da crise suicida, bem como, seguir de forma resiliente seu cuidado”, reforça o especialista.

Segundo a presidente da entidade no Brasil, diante dessas estatísticas alarmantes, é evidente que medidas de conscientização, apoio e intervenção são necessárias para abordar esse cenário preocupante. “A busca por um equilíbrio entre vida pessoal e profissional, a promoção de práticas de autocuidado e a criação de ambientes de trabalho que valorizem o bem-estar dos funcionários são passos cruciais para combater os níveis excessivos de estresse e suas consequências prejudiciais”, enfatizou.

Procurando emprego? Confira vagas abertas no Brasil

Se você está em busca de uma nova oportunidade no mercado de trabalho, seja uma vaga de emprego, estágio ou trainee, fique ligado no site do JC Concursos! Na editoria de empregos, publicamos diariamente diversas notícias sobre processos seletivos, dicas de carreira e muito conteúdo sobre empregabilidade para trabalhadores de todos os níveis de escolaridade e de todo o Brasil. O JC ainda dispõe de uma página exclusiva com informações sobre empresas da iniciativa privada com vagas abertas no momento.

Siga o JC Concursos no Google Newsempregosvagas de emprego

JC Concursos - Jornal dos Concursos. Imparcial, independente, completo.