Começar pelo “início”

Muitos me perguntam: professor, como faço para dar uma virada em minha vida profissional? Costumo responder: pelo início.

Redação
Publicado em 22/02/2010, às 10h00

* Profº. Edison Andrades

Muitos me perguntam: professor, como faço para dar uma virada em minha vida profissional? Costumo responder: pelo início.

Você já percebeu que as pessoas querem mudança, mas não a buscam? Desejam viradas, mas não se mexem? Buscam ascensão, mas não se submetem a começar do alicerce?

A semana que entra é, para muitos, o início do ano, pois ninguém quer saber de grandes decisões até o Carnaval. Agora, quase de ressaca começam a planejar. Antes tarde do que nunca!

Tenho alunos que só darão as caras na próxima segunda-feira, funcionários que só vão mexer nas pendências do ano passado também na próxima semana. Tudo bem. Afinal, o que são 14% (52 dias) de um ano jogados fora!?

Proponho que pare de seguir calendário, ou seja, apegar-se às sazonalidades que muitas vezes só trazem retardamento em nossa vida.

Muita gente vive em função do próximo feriado e do próximo período de folga, pois implementa em sua vida uma sequência de ócios (folga, repouso), tornando-o alguém idem.

Caros leitores e amigos, não quero aqui estimular em sua vida, uma obsessão pelo trabalho, até porque isso também é doença, mas que possa iniciar seu dia de forma diferente e planejada. Saiba que todo dia é como se nascêssemos de novo, pois caso tivesse partido (morrido) ontem, o “hoje” não existiria para você. Nossa! Que dramático. Calma, apenas desejo que perceba o quão valioso é seu novo dia e, se formos pensar de forma lógica ele é a única coisa concreta que você possui, já que o “ontem” apenas virou lembrança e o “amanhã” é tão somente uma esperança. Que tal iniciar sua nova carreira hoje? Sim. Que bom seria se já nascêssemos sabendo ler e com uma bela experiência de vida! Pronto, você nasceu hoje com tudo isso. Então te pergunto: por onde quer começar?

Revise sua agenda, acomode os compromissos em uma parte do dia e parta para seu plano mais importante no restante do dia. Imagine que o que planejar hoje, pelo menos 2/3 deverão virar plano de ação hoje mesmo e a outra terça parte pode depender de terceiros, os quais deverá respeitar o tempo deles. Sempre estipule mais obrigações a você, assim fica mais fácil de executar, já que depende de alguém que está sob seu controle. Não faça planos a longo prazo, mas pense que cada etapa de avanço é um pedacinho de seu projeto realizado, e isso o tornará mais motivado aos próximos passos.

Certa vez me deparei sem o ensino médio concluído, portanto, sem um curso de graduação; sem carta de habilitação e tampouco com veículo; mas cheio de sonhos (para variar!!). Pensei, então, como poderia iniciar tanta coisa ao mesmo tempo? Lembro que estava no mês de maio e tracei que em agosto daquele mesmo ano eu estaria dentro de uma sala de aula universitária e com minha CNH (carteira nacional de habilitação) no bolso. Amigos. Em agosto daquele ano, me deparei com tudo aquilo realizado, e mais, de forma lícita (supletivo do restante que me faltava e prova de volante no DETRAN, sem nenhum “jeitinho”). De lá para cá nunca mais parei de fazer planos absurdos. Confesso que alguns não obtive tanto êxito, mas mesmo nestes, fui mais longe do que se tivesse ficado “contando carneirinhos”. Ah! Outro segredinho: não conte seus planos, mas: LEVANTE E ANDE. 

Ah! E nunca se esqueça de incluir Deus em todos os seus planos. (para Ele pode contar)

Nosso espaço

Assista ao palestrante Prof. Edison Andrades todas as quintas-feiras , às 17h, em www.tvmundi.com.br (programa Negócios).

Fale conosco: www.edisonandrades.com.br – Twitter: profatendimento.

* Profº Edison Andrades é Psicólogo - Especialista em desenvolvimento profissional e aconselhamento de carreira (Counseling); MBA; Escritor (autor do livro: Como Perder o Emprego (com competência)- Giz editorial); ex-Diretor de RH. É professor universitário atuando nas áreas de Administração e Marketing. Como consultor e palestrante atua em algumas das principais empresas nacionais e multinacionais do país. É palestrante e instrutor organizacional há mais de dez anos, onde destaca-se devido sua performance teatral, motivacional e irreverente ao transmitir conhecimentos. Marque uma consulta e conheça sua metodologia.

Comentários

Mais Lidas