Destilar antídoto

As pessoas vivem numa guerra interna, implodem a cada minuto e julgam ser o outro a razão de seus problemas

Redação
Publicado em 19/04/2010, às 13h41

* Profº. Edison Andrades

Vejo ataques entre profissionais dentro e fora do ambiente de trabalho. As pessoas vivem numa guerra interna e implodem a cada minuto. O fato é que sempre julgam ser o outro (chefe, par, subordinado, cliente etc.) a razão de seus problemas. Será?


Essa questão me traz a história de uma nora que odiava sua sogra. Esse ódio era tamanho a ponto da nora tomar a decisão de cometer um homicídio, ou seja, resolveu matar a mãe de seu esposo. Como não possuía experiência em crimes, resolveu pedir ajuda a um sábio que habitava na região, pois sabia que aquele homem tinha solução para tudo.


Chegando ao mestre, relatou o que se passava em sua casa, afinal, morava com sua sogra, e estava saturada das agressões verbais que aquela senhora disparava em sua direção.

Obviamente, não deixava barato e revidava todas as indelicadezas. O sábio mestre, após ouvi-la, entregou-lhe um vidro pequeno que continha um líquido transparente e a orientou dizendo: “coloque duas gotas desse veneno em seu alimento, todos os dias, pois assim ela não resistirá, morrerá em menos de seis meses e, desta forma, você se livrará dela, tudo ficará bem”.


A moça achou o máximo, pois não desejava magoar seu esposo que, com certeza, não a perdoaria se descobrisse tamanho crime. Nossa protagonista agradeceu e já se retirava quando o mestre chama sua atenção novamente para oferecer mais uma recomendação, disse ele: “use uma estratégia para que ninguém suspeite de nada...”. Continuou: “trate-a muito bem ainda que ela ataque você. Busque sempre tolerá-la e somente revidar com palavras carinhosas e afetuosas, pois assim jamais alguém desconfiará que foi você quem a assassinou.  A nora não gostou muito, mas entendeu que o mestre tinha razão, não podia correr nenhum risco de ser descoberta. Retirou-se.


O tempo foi passando e ela aplicava todos os dias duas gotas daquele veneno no alimento de sua sogra. Além disso, passou a ser carinhosa e extremamente gentil com aquela que poderia ser sua mãe. O fato é que, mediante sua gentileza, a sogra, aos poucos, mudara seu comportamento em relação a ela. Começou a tolerá-la também e até arriscava um elogio de vez em quando, coisa que jamais ocorrera antes.


Passaram-se cinco meses e elas se tornaram grandes amigas, a ponto de não conseguirem se separar mais. A amizade imperava naquela casa e as ofensas não mais existiam. Mas havia um enorme problema: o veneno. Ele se acumulara por meses no corpo daquela senhora e, com certeza, não haveria forma de inutilizá-lo, justamente por este ter sido ingerido através das refeições diárias. O que fazer?


A moça resolveu ir ao encontro do sábio mestre que era o mentor de seu plano. Ao chegar lá, ajoelhou-se e, em prantos, perguntou ao mestre se havia algo que pudesse salvar sua grande amiga. Contudo, para sua surpresa, o sábio homem responde: “Fique tranquila, minha filha, neste frasco não há veneno algum, o verdadeiro veneno estava dentro de você”.


Ah! E não se esqueça de incluir Deus em todos os seus planos.


Nosso espaço:


Assista ao palestrante prof. Edison Andrades todas as quintas-feiras, às 17h, na TV Mundi, Programa Negócios (www.tvmundi.com.br).

Visite-nos e fale conosco em www.edisonandrades.com.br e siga-nos no Twitter: profatendimento .


* Profº Edison Andrades é Psicólogo - Especialista em desenvolvimento profissional e aconselhamento de carreira (Counseling); MBA; Escritor (autor do livro: Como Perder o Emprego (com competência)- Giz editorial); ex-Diretor de RH. É professor universitário atuando nas áreas de Administração e Marketing. Como consultor e palestrante atua em algumas das principais empresas nacionais e multinacionais do país. É palestrante e instrutor organizacional há mais de dez anos, onde destaca-se devido sua performance teatral, motivacional e irreverente ao transmitir conhecimentos. Marque uma consulta e conheça sua metodologia.

Veja também:

Para todos os níveis/SP: semana começa com 453 vagas em Santo André e ABC

São Paulo: Allis recruta 250 operadores de telemarketing

Comentários

Mais Lidas