Blog: inovando o jeito de se vender

Artigo do professor Edison Andrades.

Redação
Publicado em 01/08/2012, às 16h02

Recentemente, em uma de minhas palestras, eu falava sobre a importância de se vender. Obviamente, não quero comparar uma pessoa a um simples produto, até porque somos potencialmente muito melhores. Mas quero convidá-lo a refletir sobre o fato de que não basta possuir um talento, é preciso vendê-lo.

Muitas pessoas salientam e divulgam que não possuem tino para vendas, preferem trabalhos administrativos. Creio que haja um grande equívoco nessa história, pois todos devemos, sim, possuir perfil comercial, ou então morreremos de fome.

O problema é que as pessoas confundem “papo de vendedor” com “estratégia de venda”. Vamos à diferença: abordar insistentemente, persuadir e ludibriar outrem para conquistar uma venda são ações que caracterizam o “papo de vendedor”, por isso ele nos remete a enganação, “perde-ganha” e, principalmente, desonestidade. Quero alertar meus saudosos vendedores para o fato de que não se vende mais assim! Essa fórmula já venceu, mas isso não significa que o ato de vender também tenha vencido, pois uma boa estratégia de venda, ao contrário do “papo de vendedor”, pode alavancar sua carreira e nada tem a ver com falta de ética.

Saiba que, para sobreviver e vencer no mercado de trabalho, você precisa “se vender” com mais habilidade do que a grande maioria e com “estratégia de vendas”. Pense que “as pessoas não compram de você, compram Você”!

Antes de alguém confiar seu recurso financeiro adquirindo um produto ou serviço, deseja saber sua origem. Vemos isso claramente nas grandes marcas, pois você sempre confia nas marcas mais divulgadas e conhecidas. Com profissionais, o mecanismo é o mesmo. Mas como se vender melhor sem parecer vendedor? A solução pode estar num blog.

Os blogs são aquelas páginas que você encontra na internet e que funcionam de forma semelhante a um site. A principal diferença dos blogs em relação aos sites é que aqueles têm a função de criar interatividade e aproximação junto aos visitantes da página. No blog, você pode inserir e atualizar conteúdos, postar fotos, reportagens e ainda compartilhar opiniões sobre assuntos em pauta. Um bom blog pode ter, inclusive, um cunho social e de utilidade pública, além de servir como um nobre cartão de visitas.

Uma das grandes dificuldades que os departamentos de seleção de pessoal enfrentam hoje é a obtenção de informações relevantes sobre um determinado candidato. Não se sabe o que ele pensa, como se posiciona em relação a assuntos polêmicos e, principalmente, como se relaciona com as pessoas. Questões que raramente são esclarecidas de forma eficaz numa entrevista, e que possuem papel decisivo na disputa por uma oportunidade.

Um blog pessoal funciona como um atalho, que leva o recrutador até essa gama de questões anteriormente citadas, já que lá (no blog) você tende a se mostrar por inteiro e não apenas com clichês prontos e ensaiados para uma entrevista. Só não esqueça que a “grande sacada” do blog é aumentar seu valor agregado, o que, consequentemente, gerará bons frutos. Tome cuidado com o que vai postar e, principalmente, esteja ciente da rede de pessoas que ele atingirá, mesmo que, sobre esta última, você não tenha muito controle. Eleja bons conteúdos e promova discussões inteligentes, assim atrairá outros também capazes de gerar bons conteúdos, tornando seu blog mais nobre. 

Saiba que sempre há um novo jeito de se vender, basta apenas escolher o público-alvo. Públicos seletos compram “produtos” de qualidade e estão dispostos a pagar caro por eles. Valer mais como profissional é uma questão de escolha e a estratégia está ao seu alcance!

Prof. Edison Andrades é palestrante e sócio da Reciclare Consultoria & Treinamento.

Site: www.reciclareconsultoria.com.br ; e-mail: edison@reciclareconsultoria.com.br

Comentários

Mais Lidas