MenuJC Concursos
Busca
Últimas Notícias | | Empregos | Sociedade | youtube jc | WEBSTORIES

Black Friday e Natal: 54% dos empregadores pretendem contratar profissionais temporários

Nova pesquisa do ManpowerGroup revela alta na intenção de contratações nos âmbitos nacional e global para o 4° trimestre do ano

Empregadores brasileiros pretendem contratar profissionais temporários no último trimestre
Empregadores brasileiros pretendem contratar profissionais temporários no último trimestre - Freepik
Douglas Terenciano

Douglas Terenciano

douglas@jcconcursos.com.br

Publicado em 27/10/2023, às 10h28 - Atualizado às 10h36

WhatsAppFacebookTwitterLinkedinGmailGoogle News

Boa notícia! A Pesquisa de Expectativa de Emprego – Q4 2023, estudo exclusivo e preditivo desenvolvido trimestralmente pelo ManpowerGroup, revela uma alta na intenção de contratações nos âmbitos nacional e global para o 4° trimestre do ano. O levantamento mostra que a expectativa de emprego no Brasil para o período é positiva de 38%, um aumento de 5 pontos percentuais em comparação com o índice do trimestre anterior, quando o saldo foi de 33%.

Vale destacar que a expectativa da Pesquisa de Expectativa de Emprego – Q4 2023 é calculada subtraindo-se empregadores que planejam fazer reduções na equipe daqueles que planejam contratar. Outro ponto é que a porcentagem de empregadores que planejam contratar aumentou de 47% (trimestre anterior) para 48% (atual), enquanto aqueles que esperam reduzir o volume de contratações caiu de 15% para 13%.

Veja os setores com maior expectativa de contratação

  • Tecnologia da Informação (46% das organizações no setor esperam contratar)
  • Bens de Consumo e Serviços (40%)
  • Finanças & Imobiliário (38%)
  • Transporte, Logística & Automotivo (36%)
  • Assistência Médica & Ciências da Vida (33%)
  • Serviços da Comunicação (26%).

Ainda de acordo com a Pesquisa de Expectativa de Emprego – Q4 2023, 54% dos empregadores brasileiros pretendem contratar profissionais temporários neste último trimestre. Já no cenário global, o setor de TI lidera o ranking de expectativa de contratações (39%), seguido pelo setor de Finanças & Imobiliário (33%), Serviços de Comunicação (31%), Saúde & Ciências da Vida (31%), Energia & Serviços de utilidade pública (31%) e Indústria & Materiais (28%).

Saiba o crescimento nas micro, médias e grandes empresas

O estudo também analisou a intenção de contratação por porte de empresas. Nas micro, médias e grandes companhias, há uma expectativa de crescimento nas contratações em comparação ao último trimestre. Entre as microempresas, a expectativa de contratação é de 37%; nas médias, 35%; e 43% nas grandes organizações. No trimestre anterior, os valores eram de 22%, 32% e 37%, respectivamente.

A Pesquisa de Expectativa de Emprego – Q4 2023 traz, ainda, a intenção de contratação por regiões do Brasil. O grande destaque positivo ficou para o estado de São Paulo, com o melhor índice (44%), à frente de Minas Gerais (36%). O estado do Paraná está praticamente empatado com outras regiões com 34% e 35%, respectivamente.

Na análise global do estudo, os empregadores continuam prevendo a contratação de mais trabalhadores no quarto trimestre, relatando uma expectativa líquida de emprego ajustada sazonalmente em +30%. Entre os países analisados, as intenções de contratação mais fortes estão na Costa Rica (+41%), Brasil (+38%) e Suíça (+38%). O cenário mais fraco é reportado na Argentina, República Tcheca e Japão, todos com +11%.

Expectativa de emprego vs. escassez de talentos

Com a escassez de talentos atingido picos históricos, com 80% no Brasil e 77% no mundo, as empresas estão adaptando suas estratégias na busca por talentos que possuem as competências necessárias. 51% dos empregadores brasileiros apontam a intenção de contratar mais trabalhadores permanentes e 54% pretendem contratar mais temporários ao longo dos próximos 12 meses.

A Pesquisa de Expectativa de Emprego – Q4 2023 apontou que 40% dos empregadores brasileiros já estão procurando por profissionais mais maduros em busca de recolocação ou mudanças na carreira. Além disso, 35% estão buscando pessoas desempregadas há muito tempo e 29% por profissionais que possuem carreiras não lineares.

"A escassez de talentos é uma realidade no mundo todo e as empresas precisam de estratégias para superar esse gap. Além de olhar atentamente para soft skills, é importante considerar pools de talentos diversos, que trarão inovação com vivências distintas. O encontro de gerações no mundo do trabalho pode e deve ser incentivado, e saber que as empresas brasileiras, em um cenário de rápida transformação digital, estão em busca de profissionais mais maduros demonstra que estamos aprendendo e valorizando competências fundamentais", comenta Nilson Pereira, Country Manager do ManpowerGroup Brasil.

Para visualizar os resultados completos do estudo, clique no link da Pesquisa de Perspectiva de Emprego do ManpowerGroup do quarto trimestre. A empresa informa que a próxima pesquisa será divulgada em dezembro e reportará as expectativas de contratação para o primeiro trimestre de 2024.

Siga o JC Concursos no Google Newsempregos

JC Concursos - Jornal dos Concursos. Imparcial, independente, completo.