MenuJC Concursos
Busca
Últimas Notícias | | Empregos | Sociedade | youtube jc | WEBSTORIES

Brasileiros consideram o modelo de trabalho um fator decisivo para mudar de emprego

Uma pesquisa realizada pela Ticket, empresa de vale-refeição e vale-alimentação, mostrou que 53% dos trabalhadores brasileiros levam em conta o modelo de trabalho na hora de escolher um emprego

Brasileiros consideram o modelo de trabalho um fator decisivo para mudar de emprego
Freepik
Victor Meira

Victor Meira

victor@jcconcursos.com.br

Publicado em 23/01/2024, às 13h19

WhatsAppFacebookTwitterLinkedinGmailGoogle News

O modelo de trabalho é um aspecto fundamental para mais da metade dos brasileiros na hora de decidir se permanecem ou mudam de emprego. É o que aponta uma pesquisa realizada pela Ticket, empresa de vale-refeição e vale-alimentação.

De acordo com o estudo, 53% dos trabalhadores brasileiros consideram o modelo de trabalho como um critério essencial na escolha de um emprego. Desse total, 25% preferem trabalhar em home office, 19% optam por um modelo híbrido (que combina trabalho remoto e presencial) e 9% escolhem um trabalho totalmente presencial.

A pesquisa revela, ainda, que há uma discrepância entre o modelo de trabalho desejado e o atual dos respondentes: apenas 10% estão em home office integral, 17% em modelo híbrido e 77% em trabalho presencial.

Para Tatiana Romero, diretora de RH da Ticket, o período da pandemia, que exigiu de muitas empresas a adaptação rápida para o trabalho remoto, demonstrou que é possível uma atuação mais flexível e que, com uma gestão humanizada e próxima das equipes, a produtividade e os resultados não são prejudicados. 

Em muitos setores, é uma realidade que veio para ficar, e com benefícios para todos os lados. E é natural que os profissionais busquem o modelo que mais se adapte à sua rotina e que promova a qualidade de vida”, afirma a executiva.

A Ticket foi uma das pioneiras no Brasil a adotar o home office, a partir de 2005, e a implementar o sistema para toda a equipe comercial em 2012. 

Em 2018, o programa avançou com a criação de políticas para o trabalho híbrido e maior flexibilidade de horários, que chamamos de flexplace e flextime, com o objetivo de difundir a cultura de inovação e bem-estar e proporcionar maior equilíbrio entre vida pessoal e profissional das pessoas que trabalham conosco, sendo possível aproveitar as vantagens do presencial e do home office”, conclui Tatiana.

+++Acompanhe as principais informações sobre o mercado de trabalho no JC Concursos

Siga o JC Concursos no Google Newsempregosestágiostrainees

JC Concursos - Jornal dos Concursos. Imparcial, independente, completo.