CAT oferece 7.000 empregos em São Paulo

Os segmentos em destaque são os de serviço, comércio e saúde. Os salários oferecidos variam de R$ 724 a R$ 1.360, conforme o cargo pretendido.

Douglas Terenciano
Publicado em 18/12/2014, às 12h38

O Centro de Apoio ao Trabalho, da Prefeitura de São Paulo, está com 7.000 vagas abertas em diversos cargos e áreas de atuação. Os segmentos em destaque são os de serviço, comércio e saúde.

Há ofertas de trabalho nas carreiras de promotor de vendas, ajudante de carga e descarga de mercadorias, vigilante, atendente de balcão, manobrista, técnico de enfermagem, porteiro, pintor, atendente de lanchonete, dentre outras profissões. Candidatos com ou sem experiência encontram oportunidades de emprego.

Os salários oferecidos variam de R$ 724 a R$ 1.360, conforme o cargo pretendido.

As colocações estão distribuídas por todas as regiões da capital paulista.

As seleções acontecem das 7h às 18h. Para participar é necessário que o trabalhador apresente RG, CPF, carteira de trabalho e PIS. Os endereços dos CATs e mais informações podem ser obtidos no site www.prefeitura.sp.gov.br/trabalho ou na Central de Atendimento ao Munícipe pelo telefone 156.

Temporárias

Do total de vagas oferecidas pelo CAT, 1.113 são temporárias com objetivo de atender a demanda das festas de fim de ano. Ganhar um dinheiro extra é o sonho de muitos trabalhadores e o mês de dezembro é a melhor época para isso! Pelo menos é o que acreditam 32% dos brasileiros entrevistados pela empresa especializada em empregabilidade Trabalhando.com, entre os meses de outubro e novembro deste ano. A pesquisa foi feitas com cerca de 400 profissionais em todo o país.

O resultado demonstra a vontade dos profissionais em aproveitar essa época para ampliar sua renda. “Esse é um bom momento para aproveitar o aprendizado que se tem no dia a dia da empresa para ganhar um dinheiro extra fazendo algo diferente”, diz Caio Infante, diretor-geral da Trabalhando.com.

Vale ressaltar que muitos trabalhadores encontram na vaga temporária uma oportunidade de reinserção ao mercado. Possibilidades de efetivação após o término do contrato são reais e funcionários que se destacarem no período podem começar 2015 já com o pé direito e emprego fixo.

Comentários

Mais Lidas