Tudo Sobre

Empregos Temporários

Comércio cadastra para 113 mil vagas

Os trabalhadores temporários têm o mesmo direito que os efetivos. Saiba quais são eles, na matéria abaixo.



Redação
Publicado em 29/09/2008, às 10h14

O comércio já deu início ao cadastramento de currículos para as contratações temporárias de final de ano que começam a partir de outubro. Para quem busca de alguma maneira inserir-se no mercado de trabalho, essa pode ser uma excelente oportunidade, uma vez que muitos dos temporários têm grande chance de efetivação após o período de festas natalinas.

De acordo com a Associação Brasileira das Empresas de Serviços Terceirizáveis e de Trabalho Temporário (Asserttem) e o Sindeprestem – representantes das empresas do setor de serviços nos âmbitos nacional e estadual (São Paulo), a estimativa é que sejam geradas 113 mil vagas temporárias em todo o país, um acréscimo de 8% em relação ao ano de 2007. Dessas, cerca de 37% poderão se tornar efetivas, ou seja, 42 mil pessoas devem continuar empregadas após a segunda quinzena de janeiro, quando os contratos terminam.

E para que você seja um dos contemplados, Vander Morales, diretor de comunicação da Asserttem, dá algumas dicas importantes: “o funcionário não deve escolher tarefas, tem que ser atencioso, mostrar interesse e vontade de trabalhar, ter disposição e ser pró-ativo”.

A consultora em Direito Trabalhista e Previdenciário do Centro de Orientação Fiscal – Cenofisco, Rosania de Lima Costa, também ressalta que o trabalho deve ser cumprido com determinação. “Um detalhe que parece bobo, mas é muito observado pelo empregador, é o horário de chegada do funcionário, por isso, procure não se atrasar”, diz Rosania.

Direitos

A boa notícia é que, mesmo como temporário, você tem os mesmos direitos do trabalhador efetivo. Segundo Morales, a única coisa que muda é que os temporários não têm direito ao aviso prévio indenizado.

Morales também recomenda que os trabalhadores admitidos de forma provisória exijam uma cópia do contrato de trabalho temporário e anotação na carteira de trabalho nesta condição.

Conheça todos os direitos, clicando aqui.

Requisitos e salário

Para os jovens que estão à procura de uma vaga, a hora é agora. Morales diz que muitas das oportunidades não exigem tanta qualificação profissional e são dirigidas a pessoas com idade entre 18 e 24 anos. Quanto à escolaridade, em geral, exige-se o ensino fundamental completo ou nível médio.

De acordo com o levantamento da Asserttem, a média salarial é de R$ 655, sendo que em alguns casos o profissional receberá bônus e comissões.

Vagas

Os setores que apresentaram crescimento são os de lojas de departamento (10,7%), varejo de rua (8,8%), supermercados (7,6%) e, em seguida, os shoppings, com 4,9%.

Os cargos que mais oferecem vagas são os de Vendedor, Atendente, Caixa, Repositor, Fiscal de Loja, Empacotador, Estoquista, Analista e Auxiliar de Créditos, Motorista, Segurança e até para Papai Noel.

Serviço

Os interessados já devem dirigir-se às agências de emprego, que estão recrutando temporários, mas é bom ficar alerta, pois os serviços oferecidos por elas devem ser totalmente gratuitos.

Outra possibilidade é acessar o site da Asserttem, no endereço eletrônico www.asserttem.com.br, no link “Empresas Associadas”, e verificar quais são as empresas que estão recebendo currículos. Para quem reside no Estado de São Paulo, há ainda o site www.sindeprestem.com.br.


Fique ligado! Porque, a partir de agora, o JC&E trará aos seus leitores uma série de matérias sobre a abertura de vagas temporárias para o Natal em shoppings.

Patricia Magalhães/SP

+ Resumo Empregos Temporários

Temporários
Vagas: Não definido
Taxa de inscrição: Não definido
Cargos: Não definido
Áreas de Atuação: Não definido
Escolaridade: Não definido
Faixa de salário:
Organizadora: O próprio órgão
Estados com Vagas: AC, AL, AM, AP, BA, CE, DF, ES, GO, MA, MG, MS, MT, PA, PB, PE, PI, PR, RJ, RN, RO, RR, RS, SC, SE, SP, TO

+ Agenda

29/09/2009 Divulgação do Resultado Adicionar no Google Agenda

Comentários

Mais Lidas