CST vai preencher 1.200 vagas no setor de serviços

Nesta segunda acontece uma seleção especial para o cargo de merendeiro de escola.

Redação
Publicado em 13/01/2012, às 14h29

Entre os dias 16 e 20 de janeiro, os postos do Centro de Solidariedade ao Trabalhador – CST, que prestam serviços gratuitos de intermediação de mão de obra na capital paulista, concentrarão esforços para preencherem 1.230 vagas de emprego, todas voltadas a quem quer atuar no setor de serviços.


Há oportunidades para diversas funções, tais como porteiro (200 vagas), recepcionista (50), manobrista (86), motorista (50), auxiliar de limpeza (190), entre outras.


Do total de postos oferecidos, 800 não exigem qualquer experiência profissional, principalmente para a função de operador de call center, que  reúne cerca de 320 chances em aberto.


Os salários oferecidos pelos empregadores variam entre R$ 622 e R$ 1.100.


Cabe ressaltar que existem chances para atuação em todas as regiões da capital, abertas a trabalhadores de todos os níveis de escolaridade.


Seleção especial –
Nesta segunda-feira, dia 16, os postos CST da Liberdade e de Santo Amaro realizarão um processo seletivo especial com o intuito de preencher 80 vagas para a função de merendeiros de escola. Não é necessário possuir experiência e a empresa, neste caso, cadastrará trabalhadores com até 60 anos.


Esta seleção especial acontece às 8h no Posto da Liberdade e às 14h no Posto de Santo Amaro.


Serviço -
Os interessados devem comparecer das 7h às 16h, munidos de carteira profissional, RG, certificado de escolaridade e currículo, a um dos postos do Centro de Solidariedade ao Trabalhador, que ficam nos seguintes endereços:


• Zona Central: Liberdade - rua Galvão Bueno, 782;

• Zona Sul: Santo Amaro - rua Barão do Rio Branco, 864; Capão Redondo - Estrada de Itapecerica, 3.770;

• Zona Norte: Pirituba - avenida Cabo Adão Pereira, 387.


Cristiane Navarro Vaz/SP



Veja também:

SP e MG: Carrefour abre 950 vagas para vários cargos

Previsões 2012: Vale vai contratar 4,5 mil profissionais


Capital paulista: McDonald’s abre 500 chances para atendentes

Comentários

Mais Lidas