Dia das Mães vai empregar 28 mil pessoas no país

Segundo o levantamento da Asserttem, em conjunto com o Ipema, trabalhadores entre 18 e 39 anos e jovens à procura do primeiro emprego têm mais chances de serem contratados.

Redação
Publicado em 27/04/2011, às 09h35

Neste ano, a proximidade entre a Páscoa e o Dia das Mães contribuiu para que 37 mil temporários contratados para a fabricação, comercialização e divulgação dos ovos de chocolate fossem mantidos nos postos de trabalho, pelo menos, até o 8 de maio.

Mesmo assim, segundo levantamento realizado pela  Asserttem (Associação Brasileira das Empresas de Serviços Terceirizáveis e de Trabalho Temporário), em parceria com o Ipema (Instituto de Pesquisa Manager), há a expectativa de que mais 28 mil trabalhadores sejam recrutados para suprir a demanda do comércio na oferta de presentes para as matriarcas.

A previsão é que as vagas sejam abertas para os cargos de fiscal de loja e de caixa, repositor, estoquista e também para carreiras nas áreas de atendimento, crediário, telemarketing, vendas, roupas, acessórios, perfumaria e aparelhos eletroeletrônicos. Os quatro últimos segmentos devem ser os de maior destaque.

Oportunidades por região - Entre os Estados brasileiros, São Paulo ainda ocupa o primeiro lugar em número de colocações, com um total de 8.487. Na sequencia estão Minas Gerais (3.150), Rio de Janeiro (2.134), Rio Grande do Sul (1.879), Paraná (1.753), Bahia (1.744), Ceará (1.425), Santa Catarina (1.408) e Pernambuco (1.078).

Na casa das centenas, assumem a lista Goiás (860), Espírito Santo (566), Rondônia (512), Distrito Federal (417), Pará (364), Paraíba (344), Piauí (297), Amazonas (283), Mato Grosso do Sul (269), Sergipe (258), Mato Grosso (241) e Rio Grande do Norte (238).

E por fim, nas dezenas, se encontram: Tocantins (76), Maranhão (53), Acre (42), Alagoas, Roraima (36 cada) e Amapá (34).

Vencimentos - A média salarial das oportunidades é de R$ 900, porém a remuneração pode oscilar entre R$ 600 e R$ 1.600, sem mencionar os benefícios, como vale-transporte e vale-refeição.

“O salário médio deste ano está 20,8% maior do que em 2010, cujo valor foi de R$ 745. O motivo é a valorização daqueles que têm alguma qualificação, pois está difícil encontrar  candidatos que se enquadrem nos requisitos mínimos exigidos”, explica o presidente da Asserttem, Vander Morales.

Maiores ofertas - Candidatos entre 18 e 39 anos terão mais chances, pois o perfil é buscado por cerca de 70% das empresas contratantes. Profissionais sem experiência também têm motivos para comemorar, já que 4,2 mil ocupações serão destinadas a este perfil.

“Esta é uma característica do trabalho temporário que, embora seja um tipo de contratação normal, não exige experiência. É a chance do jovem adquirir conhecimento profissional e mostrar seu potencial”, afirma a diretora de comunicação da Asserttem, Jismália de Oliveira Alves.

Segundo Jismália, independente da faixa etária ou vivência no posto, existem competências essenciais para se conseguir um emprego às vésperas do Dia das Mães. “Para conquistar uma vaga é importante ter ensino médio completo, disponibilidade de horário, disposição para trabalhar em equipe, boa comunicação e dinamismo”, ressalta.

Pâmela Lee Hamer

Veja também:

Contact center/SP: companhia recruta trabalhadores a partir dos 35 anos

Vale do Anhangabaú/SP:Feira do Trabalho reúne pouco mais de 8.700 empregos

Comentários

Mais Lidas