Cursos rápidos de EAD podem aprimorar o currículo

Muitos profissionais usam a internet para se qualificar, já que os cursos de EAD podem dar o pontapé inicial para o crescimento profissional, independente da área de atuação

Douglas Terenciano
Publicado em 28/11/2018, às 10h17

Quem busca aprimorar o currículo para progredir na carreira encontra nos cursos rápidos de Educação a Distância (EAD) uma oportunidade para conciliar a falta de tempo com as rotinas do trabalho. Com isso, muitos profissionais usam a internet para se qualificar, já que essas formações de curta duração podem dar o pontapé inicial para o crescimento profissional, independente da área de atuação.

E quando falamos em crescimento profissional, é sempre válido destacar que não basta fazer qualquer curso de EAD que aquela sonhada promoção na empresa estará garantida. O que o trabalhador precisa ter em mente é que a qualificação educacional poderá deixá-lo em uma posição à frente dos demais colegas de trabalho. É um diferencial.

Podemos exemplificar nos processos seletivos internos que muitas empresas optam na hora de preencher um cargo de confiança. Aquele funcionário com formação qualificada certamente chamará a atenção dos recrutadores. E é exatamente neste ponto que os cursos rápidos de Educação a Distância se destacam, afinal, podem qualificar o trabalhador em um curto período.

Dicas para aproveitar os cursos rápidos de Educação a Distância

Para que o profissional faça bom proveito de um curso de EAD, selecionados algumas dicas. Primeiro, é necessário estabelecer seus objetivos claramente e fazer escolhas coerentes com o cargo que pretende conquistar. Se quer uma vaga de gerente em uma empresa do setor alimentício, fazer um curso que foge completamente a área pode ser desperdício de tempo e dinheiro.

A segunda dica é entender melhor o ramo em que a companhia atua e buscar qualificação relacionada nesta área. Muitas faculdades oferecem cursos sobre profissões do futuro em diversos setores. Talvez seja uma boa oportunidade, pois o mercado de trabalho é dinâmico e pode ser que daqui cinco ou dez anos a empresa precise de um profissional antenado para um novo cargo. Suponhamos um departamento que não existe hoje, mas que devido as mudanças de mercado, seja necessário sua criação. Quem estiver bem preparado sairá na frente para assumir o posto.

Se o profissional já tem em mente o curso que quer fazer, a terceira orientação é enfatizar sobre a importância da disciplina. Mesmo não precisando se deslocar diariamente para ir à escola ou faculdade, o aluno de EAD que busca aprimorar seu currículo precisa se organizar e criar uma prática de estudo para não perder o ritmo do aprendizado. Outro ponto é acompanhar as aulas em um ambiente tranquilo, no qual possa ter concentração. Aliás, manter o foco é fundamental para absorver o conteúdo.

A quarta dica visa desmistificar uma crença popular. Muitas pessoas pensam que fazer um curso de EAD é o mesmo que estudar sozinho, mas na prática não é bem assim. É imprescindível participar das atividades propostas pelos professores. Inclusive, as instituições de ensino costumam oferecer um meio de comunicação entre os alunos e os docentes. As dúvidas fazem parte de qualquer aprendizado e, por isso, o estudante deve participar dos fóruns e discussões on-line, que viabilizam as soluções de diversas questões.

Por fim, a quinta dica é sobre cultivar bons relacionamentos com os colegas de curso de EAD. Sim, é possível criar o popular networking, mesmo em ambientes virtuais. Lembre-se: seja com objetivo de recolocação no mercado de trabalho ou uma promoção na empresa, ter uma boa rede de contados é fundamental. Afinal, construir relações profissionais gera confiança e poderá render futuras indicações para vagas de emprego.

Comentários

Mais Lidas