Tudo Sobre

Empregos FIESP / CIESP

Emprego Industrial sobe 0,42% em outubro

Fiesp e Ciesp revisam estimativas para cima e indicador pode fechar o ano em torno de 4,5%



Redação
Publicado em 14/11/2007, às 10h02

O nível de emprego na indústria paulista de transformação apresentou expansão de 0,42% no mês de outubro em comparação a setembro, sem ajuste sazonal, de acordo com dados divulgados hoje (13) pela Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp) e pelo Centro das Indústrias do Estado de São Paulo (Ciesp). A variação corresponde à abertura de 9 mil postos de trabalho no mês. Na série dessazonalizada do indicador, o crescimento foi de 0,79%, o que representa um comportamento melhor do que o habitual para os meses de outubro.

O índice registrou alta de 4,5% em relação ao mesmo mês do ano passado, e revelou alinhamento com o resultado obtido em outubro de 2004 - que foi de 0,44%, até então o melhor da série histórica. No acumulado do ano, a alta é de 8,88%, o que equivale a 184 mil vagas. Na variação dos últimos 12 meses encerrados em outubro, o índice é de 4,46%, correspondendo à criação de 97 mil vagas.

Para o diretor do Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos (Depecon), Paulo Francini, o comportamento da indústria na geração de empregos em 2007 é uma surpresa positiva, e deve se aproximar do patamar registrado em 2004. "Revisamos nossas estimativas iniciais para cima, e a expectativa é de que o indicador feche o ano em torno de 4,5%", afirmou Francini.

Desempenho setorial
O mercado de trabalho para o setor sucroalcooleiro ficou praticamente estável em outubro, com pequena variação negativa de 0,06%. No acumulado do ano, o segmento é responsável pela geração de quase 100 mil empregos, ou 54% do total de vagas criadas.

De acordo com Paulo Francini, parte das contratações dos setores de açúcar e álcool deve ser devolvida até o fim do ano. No entanto, o crescimento efetivo do segmento e a ativação de outros setores industriais em 2007 devem compensar o efeito da sazonalidade. "Com mais área plantada e mais usinas, vemos um crescimento muito mais vigoroso no setor do que em anos anteriores. Além disso, percebemos um bom comportamento de crescimento no índice geral, apesar da estabilização do setor sucroalcooleiro. Isso mostra força de geração de emprego em outros segmentos", avaliou.

Dos 21 setores que compõem a amostra da pesquisa, 14 tiveram desempenho positivo em relação às vagas geradas no mês passado, dois tiveram desempenho estável e cinco registraram queda nas contratações. Entre os destaques positivos estão os setores de Madeira (2,38%), Couros e Calçados (1,44%) e Celulose e Papel (1,14%). Os setores que mostraram desempenho negativo foram Coque, Refino, Combustíveis Nucleares e Álcool (-5,77%), Máquinas de Escritório e Equipamentos de Informática (-1,32%) e Metalurgia Básica (-0,21%).

Desempenho regional
Das 36 Diretorias Regionais do Ciesp pesquisadas, 27 tiveram bom desempenho e 9 registraram queda em outubro. Limeira apresentou o melhor resultado, com expansão de 1,63%, influenciada pelos setores de Metalúrgica (6,52%) e indústrias diversas (2,70%). Mogi das Cruzes ficou em segundo lugar, com alta de 1,60%, puxada por Produtos Têxteis (5,34%) e Produtos Químicos (4,13%). Em terceiro lugar, Matão apresentou crescimento de 1,46%, com destaque para Metalúrgica (11,84%) e Produtos Alimentares (1,38%). As regiões com desempenho negativo no mês foram Araçatuba (-0,38%), Cubatão (-0,36%) e Capital (-0,32%).


Fonte: Assessoria de Imprensa do Ciesp (Centro das Indústrias do Estado de São Paulo).

+ Resumo Empregos FIESP / CIESP

FIESP / CIESP
Vagas: Não definido
Taxa de inscrição: Não definido
Cargos: Não definido
Áreas de Atuação: Operacional
Escolaridade: Não definido
Faixa de salário:
Organizadora: www.dinamicaconsultoria.com.br
Estados com Vagas: SP

+ Agenda

13/11/2008 Divulgação do Resultado Adicionar no Google Agenda

Comentários

Mais Lidas