Governo abre 12.394 vagas em todo o Estado

Nesse processo, deverão ser selecionados 7.804 professores e 4.590 pessoas para apoio administrativo.

Redação
Publicado em 16/11/2011, às 11h33

O Governo de Goiás, por meio da Secretaria de Educação, realiza processo seletivo simplificado visando o preenchimento de 12.394 oportunidades nos cargos de professor e apoio administrativo em todo o Estado.


Nesse processo, deverão ser selecionados 7.804 professores e 4.590 pessoas para apoio administrativo. Os cargos para professores são: professor assistente de nível I, professor assistente de nível II e professor assistente nível I e II para atendimento educacional especializado. As funções de apoio administrativo são: auxiliar de secretaria, digitador, auxiliar de serviços gerais, higienização, merendeira, vigia e motorista.

Para os candidatos ao cargo de professor assistente de nível I será exigido o ensino médio completo, com certificado reconhecido na forma legal. O salário para esse nível, com carga de 40 horas, será de R$ 961,04. Já os candidatos para o cargo de professor assistente nível II terão que comprovar licenciatura ou outra graduação correspondente às áreas de conhecimento específicas do currículo, com formação pedagógica nos termos da legislação vigente. O salário para este nível, considerando 40 horas de trabalho semanal, é de R$ 1.137,77. 

Os candidatos ao cargo de professor assistente nível I e II para atendimento educacional especializado terão que ter, além da formação acadêmica exigida para o professor assistente, proficiência no uso e no ensino da Língua Brasileira de Sinais (Libras) e conhecer o sistema Braille, leitura e escrita fluente. Eles darão apoio à inclusão de alunos com necessidades educacionais especiais dentro da rede estadual.

Para os cargos de apoio administrativo, os candidatos a auxiliar de secretaria e digitador terão que ter ensino médio completo e conhecimento básico de Word e Excel. Para os demais cargos, é exigida apenas a primeira fase completa do ensino fundamental; para o motorista, também a Carteira Nacional de Habilitação (CNH), categoria B. Todos terão carga horária de 40 horas e vencimentos de um salário mínimo.

A seleção consiste em análise curricular. Os profissionais com deficiência terão 5% das vagas reservadas.

Interessados devem efetuar as inscrições nos sites www.segplan.go.gov.br e www.seduc.go.gov.br até o dia 20 de novembro.

Confira mais informações no edital em anexo ao lado.

Douglas Terenciano

Veja também:

SP e DF: Griletto oferece 240 vagas até o fim do ano

Rio de Janeiro: Di Santinni contrata 2.000 temporários

Comentários

Mais Lidas