Fisk abre 600 vagas de emprego em todo o país

A empresa não exige experiência dos candidatos, ampliando as vagas aos jovens em busca do primeiro emprego.

Redação
Publicado em 18/06/2012, às 09h49

A rede de escolas de idiomas Fisk abriu processo seletivo com intuito de contratar 600 profissionais visando atender a demanda deste segundo semestre em todas as unidades espalhadas pelo país. As oportunidades de trabalho são em diversos setores da empresa.

As vagas são para os cargos de professor de língua inglesa, professor de língua espanhola, instrutor de informática e profissionais das áreas administrativa, limpeza, secretaria, coordenação e consultoria de vendas. A companhia não exige experiência, ampliando as oportunidades aos jovens em busca do primeiro emprego, no entanto, vivência na função é desejável e serve como requisito diferencial na seleção dos candidatos.

A companhia busca trabalhadores em todo o Brasil. Em média, serão entre 10 e 12 novos profissionais selecionados por unidade. Além de recolocações, novas contratações estão prevista ao longo do ano. “No atual contexto da globalização, em que todas as economias se comunicam, sobretudo em inglês e espanhol, o conhecimento de idiomas passou de característica desejável para pré-requisito no mercado de trabalho”, explica Christian Ambros, diretor da Fundação Fisk.

A intenção da fundação é abrir 50 novas unidades até o fim deste ano. Até o momento, 16 já foram abertas nas localidades de Sorocaba (SP), Francisco Morato (SP), Teresina (PI), Angra dos Reis (RJ), São Luis (MA), Natal (RN), Seropédica (RJ), Recife (PE), Varginha (MG), Cachoeira do Campo (MG), Itabaiana (SE), Ubá (MG), Gravataí (RS) e Porto Alegre (RS).

Segundo informações de assessoria de imprensa, os salários oferecidos oscilam entre R$ 545 e R$ 1,5 mil, conforme a localidade e função desejada. Os professores, por exemplo, receberão entre R$ 12 e R$ 20 por hora/aula. As vagas são em regime de CLT e os benefícios oferecidos são de vale-transporte, vale-refeição, assistência médica e, em algumas unidades, os profissionais do departamento de secretaria recebem prêmios em dinheiro e comissão na vendas dos cursos.

Fernando Lobo de Morais, supervisor de franquias e porta voz da empresa que esteve presente na ABF Expo Franchising 2012, conversou com JC&E sobre as oportunidades abertas e o processo de expansão da Fisk. “Nossa idéia é crescer ainda mais fora de São Paulo. Para isso precisaremos de novos funcionários”, projeta. Oferecer plano de carreira aos funcionários é um atrativo da empresa, segundo o supervisor. “Queremos segurar o colaborador conosco. Há seleções internas e treinamento para que este profissional suba de cargo. Para isso é fundamental ter comprometimento, habilidade para lidar com público, boa apresentação e ser comunicativo”, explica. “Aqui o funcionário encontra segurança e satisfação em trabalhar. A felicidade desse funcionário é nossa preocupação também”, finaliza Fernando.

Etapas - Após triagem e análise curricular, o processo de seleção dos candidatos varia conforme a localidade e o cargo pretendido entre dinâmicas de grupo, testes de idiomas para os professores e entrevistas com gestores de recursos humanos e/ou coordenadores responsáveis do setor da vaga ofertada.

Como participar - Interessados devem cadastrar currículo no site www.fisk.com.br ou entregá-lo pessoalmente em qualquer unidade da Fisk, deixando aos cuidados dos gerentes. A empresa mantém banco de currículos para possíveis oportunidades que venham a surgir ao longo deste segundo semestre com a demanda de recolocações e/ou novas contratações em todo o país.

Douglas Terenciano/SP

.

Comentários

Mais Lidas