Empresa oferece 1.285 vagas de emprego em São Paulo

A remuneração varia de acordo com o cliente e a carga horária.

Redação
Publicado em 18/04/2012, às 09h04

A Atento, empresa de call center e terceirização de processos de negócios (BPO), dispõe atualmente de 1.285 oportunidades de emprego, sendo para 1.276 o cargo teleoperador e outras nove vagas para a função de consultor I e II de vendas na capital paulista

O perfil exigido para teleoperador é ensino médio completo, bom vocabulário, boa dicção, fluência verbal, desenvoltura no relacionamento interpessoal, dinamismo, conhecimentos de informática e habilidade em digitação. Interessados devem se cadastrar no site www.atento.com.br.

Para os candidatos a consultor de vendas I é necessário ter ensino médio completo, dinamismo, ambição, capacidade de trabalhar sob pressão, habilidade no relacionamento interpessoal, fluência verbal, facilidade para argumentar, persistência e espírito de equipe. É desejável, também, já ter atuado em vendas internas ou externas.

Já para o cargo de consultor de vendas II o candidato deve ter superior completo ou em curso em qualquer área, domínio de informática, habilitação e carro próprio. Imprescindível experiência com vendas internas e/ou externas, dinamismo, ambição, capacidade de trabalhar sob pressão, habilidade no relacionamento interpessoal, fluência verbal, facilidade para argumentar, persistência, resistência à frustração e espírito de equipe. 

Para candidatar-se às vagas de consultor de vendas I e consultor de vendas II, os interessados devem enviar seu currículo para o e-mail selecaopdvsp@atento.com.br.

Benefícios - Os escolhidos para preencherem os postos de operador de telemarketing serão contratados em regime CLT, tendo direito a assistência médica, vale-refeição ou vale-alimentação, seguro de vida, assistência odontológica, vale-transporte, auxílio creche e auxílio à criança especial. A remuneração varia de acordo com o cliente e a carga horária.

Além disso, a companhia oferece oportunidades internas de promoção; políticas como a de remuneração variável, uma espécie de recompensa para quem supera as metas corporativas; parcerias com instituições de ensino nacionais em cursos superiores, pós-graduação, MBA, escolas de idiomas e informática, promovendo descontos de 10% a 50% nas mensalidades (em alguns casos, extensível aos dependentes), e programas de formação e desenvolvimento de equipes, profissionais de atendimento e gestores.

Douglas Terenciano/SP

.

Comentários

Mais Lidas