Guia Salarial 2022: veja os cargos em alta na área de tecnologia

O estudo destaca que a área de TI segue aquecida, pois os profissionais são essenciais para empresas de todos os segmentos

Douglas Terenciano | douglas@jcconcursos.com.br
Publicado em 20/10/2021, às 09h28 - Atualizado às 09h52

None
Divulgação

Em sua 14ª edição, o novo Guia Salarial 2022 da Robert Half destaca que a área de tecnologia segue intensamente aquecida, pois os profissionais são essenciais para empresas de todos os segmentos, tanto para atender aos clientes digitalmente quanto para prestar apoio aos times internos que atuam de forma remota.

De acordo com Mariana Horno, gerente sênior de recrutamento da Robert Half, a alta demanda por profissionais qualificados possibilita que TI seja a área do mercado em que são os candidatos que definem as regras do jogo. “São raras as situações, hoje, em que um candidato conta apenas com uma proposta em mãos. As barreiras geográficas, que antes da pandemia já eram mais frágeis em TI, foram completamente ultrapassadas. Nunca houve uma procura tão forte de empresas internacionais por profissionais brasileiros”, comenta. “Por isso, o fator atração e retenção é tão crítico em TI. Para reter os melhores talentos, as empresas precisam rever suas estratégias de engajamento para mantê-los motivados e constantemente desafiados, além de demonstrar propostas de investimentos na área”, destaca.   

Por mais que as exigências técnicas ainda sejam muito fortes em Tecnologia, as soft skills também desempenham um papel importante na carreira desses profissionais. “O desenvolvimento de habilidades comportamentais, como comunicação e relacionamento interpessoal, possibilita que profissionais de TI ocupem espaços de gestão e liderança dentro das empresas em um intervalo curto de tempo”, finaliza Mariana. 

Com o avanço da vacinação em massa no país, as perspectivas tornam-se mais positivas e a visualização de um mundo pós-pandemia mais palpável. Muitas empresas estão lutando para encontrar capital humano com as habilidades, técnicas e comportamentais, necessárias para apoiar as novas prioridades de negócios que ganharam força nos últimos meses. “As companhias que foram capazes de se reinventar desde o início da pandemia saem em vantagem nesse momento de retomada. Muitas já voltaram a contratar, outras estão se organizando para retomar com força no ano próximo ano”, comenta Fernando  Mantovani, diretor-geral da Robert Half para a América do Sul.

“Reitero que as pessoas são o bem mais valioso de qualquer organização. Por isso, a recomendação que faço aos gestores é de buscar reter seus melhores profissionais para não correr o risco de eles encontrarem a valorização e o acolhimento em outras empresas”, conclui Mantovani.    

Tecnologia: veja as profissões em alta para 2022

Indústrias que lideram as contratações: Tecnologia, Mercado financeiro, Varejo, Startups, Logística

Posições mais demandadas: Desenvolvedor Front-End (sênior), Desenvolvedor Full Stack (pleno e sênior), Arquiteto de soluções, Tech Lead, Profissional de infraestrutura (analistas e coordenadores), Profissional de segurança da informação (especialistas a gerentes), Desenvolvedor Back-End (pleno e sênior), DeVops, Product Owner, Profissional de dados

Habilidades técnicas: Para Desenvolvedores: Java, .net, phyton, react, angular, vue.js, Javascript, HTML, Kotlin, Flutter, Swift / Para Infraestrutura: Cloud, vmware, active directory, Windows server, VPN / Para Segurança da Informação: preventivo e gestão pós-ataque, conhecimento e adequação à LGPD, conhecimento da ISSO 270001, Metodologias ágeis, Inglês fluente

Certificações mais exigidas: Infraestrutura: COBIT, CCPV / Redes: CCNA, CCNP, ITIL, CISCO/ Segurança: ISSO 270001, PCIDSS, CISSP, compPTIA/ Cloud: Azure, AWS, GoogleCloud

Habilidades comportamentais: Comunicação, Autogerenciamento, Relacionamento interpessoal, Liderança, Flexibilidade

Habilidades comportamentais: Visão de negócios, Comunicação, Relacionamento interpessoal, Agilidade e Inovação

Profissões do futuro: Desenvolvedor Front-End, Desenvolvedor Full Stack, Pentester, Arquiteto de Soluções, Machine Learning

Algumas perspectivas de remuneração em 2022

  • Desenvolvedor Front-End Sênior: de R$ 11.550 a R$ 19.350
  • Desenvolvedor Full-Stack Pleno: de R$ 8.100 a R$ 13.550
  • Desenvolvedor Back-End Pleno: de R$ 6.900 a R$ 11.600
  • Especialista/Cientista de dados: de R$ 13.100 a R$ 21.950
  • Gerente de Segurança da Informação: de R$ 20.050 a R$ 33.550
empregos

Comentários

Mais Lidas