MenuJC Concursos
Busca
Últimas Notícias | | Empregos | Sociedade | youtube jc | WEBSTORIES

Netflix pretende pagar R$ 2 milhões para comissário de bordo; ENTENDA

A empresa de streaming, Netflix, está em busca de um comissário de bordo para atuar no jato particular da empresa e promete pagar muito acima da média

Pessoa sentada assistindo a Netflix
Pessoa sentada assistindo a Netflix - Divulgação
Victoria Batalha

Victoria Batalha

redacao@jcconcursos.com.br

Publicado em 31/01/2023, às 09h00 - Atualizado às 09h09

WhatsAppFacebookTwitterLinkedinGmailGoogle News

É isso mesmo! A empresa de streaming, Netflix, está em busca de um novo funcionário e desta vez é um comissário de bordo que vai receber US$ 385 mil por ano, ou seja, R$ 2 milhões de salário. O profissional sortudo precisa ter experiência na área e irá atuar o jato particular da empresa, do modelo G550.

Além disso, o candidato precisa ser alguém com discrição, que possua excelentes habilidades de atendimento ao cliente e que tenha um julgamento independente. Ter motivação para servir os passageiros também é muito essencial para quem tem interesse na vaga.

O comissário escolhido vai morar em San José, no estado da Califórnia, nos Estados Unidos e também precisa ter disponibilidade para viagens nacionais e internacionais. Também é preciso que tenha capacidade para conseguir levantar e carregar até 13,6 kg ao abastecer a aeronave, que aguente ficar em pé por longos períodos.

Outras responsabilidades do comissário serão inspeções da cabine, cozinha, cockpit antes do voo, conduzir o treinamento de segurança antes da decolagem, é preciso ter habilidade de trabalhar em uma escala variada e de conduzir compras de estoque antes das viagens.

O salário para a classe nos Estados Unidos é US$ 61 mil ou R$ 309,5 mil ao ano, segundo o Wall Street Journal. Para mais informações, basta acessar o link.

Outras vagas inusitadas

Netflix não é a primeira empresa a buscar por profissionais específicos e com bom salário. Uma empresa de colchões estava oferecendo uma vaga com salário de R$ 5 mil para pessoas que gostam de dormir testarem os produtos da empresa!

Chamado de “especialista em dormir”, o cargo foi criado pela Emma, uma startup especializada na área. E o melhor, a oportunidade era no Brasil e com poucos pré-requisitos, bastava possuir 18 anos, ser brasileiro e gostar de dormir.

Porém, não é tão fácil assim, o candidato ainda precisava dormir oito horas por dia, ser ativo nas redes sociais e ainda ser criativo, postando todas as semanas suas opiniões sobre os colchões da empresa. O contrato teria uma duração de três meses. 

Siga o JC Concursos no Google News

JC Concursos - Jornal dos Concursos. Imparcial, independente, completo.