Tudo Sobre

Concurso Governo

PEQ abre 60 mil vagas em cursos gratuitos

O Programa é destinado a desempregados, com idade entre 30 e 59 anos e pouca escolaridade. Os selecionados receberão bolsa-auxílio de R$ 210 mensais.



Redação
Publicado em 19/03/2010, às 10h02

Foi anunciada na última quarta-feira, dia 17, pelo governador de São Paulo José Serra e o secretário estadual do Emprego e Relações do Trabalho, Guilherme Afif Domingos, a abertura de 60.282 vagas em cursos profissionalizantes gratuitos do Programa Estadual de Qualificação Profissional (PEQ).

O programa vai oferecer 154 cursos voltados a áreas como comércio, indústria, construção civil, turismo, administração, atendimento, informática e telemarketing.

Do total ofertado, cerca de cinco mil vagas serão destinadas a beneficiários do Programa de Inserção de Egressos do Sistema Penitenciário no Mercado de Trabalho (Pró-Egresso).

Vagas – As regiões do Estado de São Paulo que disponibilizarão os cursos profissionalizantes são: Araçatuba (com 1.792 vagas), Baixada Santista (2.240), Barretos (240), Bauru (1.700), Campinas (8.274), região Central do Estado (1.758), Franca (1.060), Marília (1.658), Presidente Prudente (1.398), Registro (390), Ribeirão Preto (2.170), São José do Rio Preto (2.700), São José dos Campos (4.424), Sorocaba (3.144) e região metropolitana de São Paulo (27.034).

Quem pode participar – Podem candidatar-se às oportunidades, preferencialmente, os profissionais que estão desempregados, têm idade entre 30 e 59 anos e não terminaram o ensino fundamental. 

Benefícios – Os selecionados receberão uma bolsa-auxílio no valor de R$ 210 mensais por até três meses (duração do curso), mais lanche, vale-transporte e material didático. Ao final das aulas, as instituições de ensino concedem certificado de conclusão dos cursos.

Para receber a bolsa-auxílio, o aluno não pode receber seguro-desemprego, nem benefícios da previdência social.

Programa – O PEQ tem por objetivo qualificar e requalificar os trabalhadores paulistas desempregados, por meio de cursos gratuitos, que abordarão habilidades específicas e também matérias de reforço do ensino fundamental, visando dessa maneira aumentar as chances de empregabilidade.

As aulas terão início a partir da segunda quinzena de abril, e a duração é de três meses.

Os cursos serão ministrados pelas seguintes instituições de ensino: Centro Paula Souza, Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (SENAI), Serviço de Aprendizagem do Transporte (SENAT) e Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (SENAC).

Como se inscrever – Os interessados devem efetuar o cadastro, totalmente gratuito, por meio do site do Emprega São Paulo (www.empregasaopaulo.sp.gov.br). Também há a possibilidade de cadastrar-se diretamente em um dos Postos de Atendimento ao Trabalhador (PAT). Nesse caso, o profissional deve apresentar o RG, CPF e carteira de trabalho. Os endereços dos postos podem ser consultados na página eletrônica www.emprego.sp.gov.br/programas/pat.

Patricia Magalhães/SP

Veja também:

Capital paulista: CST tem 454 para serviços automotivos

Grande SP: CIET soma 3.300 empregos em Guarulhos

+ Resumo do Concurso Governo

Governo
Vagas: Não definido
Taxa de inscrição: Não definido
Cargos: Não definido
Áreas de Atuação: Não definido
Escolaridade: Não definido
Faixa de salário:
Organizadora: O próprio órgão

+ Agenda do Concurso

19/03/2011 Divulgação do Resultado Adicionar no Google Agenda

Comentários

Mais Lidas