MenuJC Concursos
Busca
Notícias | | Aulas Grátis | Provas anteriores | Simulados | Empregos | Brasil
Tudo Sobre

Empregos Previstos

Ano Novo já começa com 233 mil vagas previstas

Diversos setores da economia já divulgaram suas estimativas de geração de empregos para 2011.



Redação
Publicado em 23/12/2010, às 13h48

WhatsAppFacebookTwitterLinkedinGmail

O ano está quase acabando e, com ele, a esperança de encontrar uma ocupação no mercado de trabalho (pelo menos por enquanto). Mas não se desanime, pois muitos setores já começam a divulgar suas perspectivas de geração de empregos para este ano de 2011. E oportunidades é que não vão faltar, uma vez que milhares de vagas já vêm sendo anunciadas, pelos mais diferentes segmentos.


De acordo com a Pesquisa de Expectativa de Emprego da Manpower - líder mundial no segmento de recursos humanos -, que é realizada trimestralmente junto a 64 mil empregadores de 39 países e territórios, os empregadores brasileiros continuam entre os mais otimistas do mundo: quatro em cada 10 entrevistados planejam contratar trabalhadores já nos primeiros meses de 2011. Ainda segundo a pesquisa, a Expectativa Líquida de Emprego no Brasil - diferença entre as porcentagens positiva e negativa presentes nas respostas dos entrevistados quanto à expectativa de crescimento da empregabilidade no mercado de trabalho para o próximo trimestre -, é de alta de 36% neste novo ano. É que 40% dos empregadores consultados têm planos de incrementar sua força de trabalho e 4% prevêem redução de mão-de-obra.


O estudo ainda apontou que os empregadores do setor de serviços são os que demonstram mais confiança em abrir novos postos de trabalho neste ano que se inicia - com alta de 51% -, seguidos por transporte/serviços públicos e comércio, ambos com aumento previsto de 44% no número de contratações.


“O Brasil apresentou um recorde do volume de postos de trabalho com carteira assinada em 2010. Esse grande número de vagas, combinado com o baixo índice de desemprego, intensificará a escassez de talentos. O desafio dos empregadores será colocar em prática as estratégias para manter seus colaboradores e continuar a ter sucesso em seus negócios”, afirma Horacio De Martini, Diretor Regional da Manpower para a América do Sul. “Outro ponto muito importante é que o positivismo no mercado de trabalho se manteve com a eleição de Dilma Rousseff para a presidência”, enfatiza o executivo.


Teleatendimento –
Dentro do setor de serviços, um dos mais promissores segundo a pesquisa da Manpower, destaca-se o segmento de teleatendimento (ou call center), que atualmente emprega mais de 1,2 milhão de pessoas no pais, segundo o presidente da Associação Brasileira de Telesserviços (ABT), Jarbas Nogueira. “A atividade está em pleno desenvolvimento e temos registrado um crescimento médio de 10% ao ano. Em 2010 não foi diferente e a expectativa para 2011 se mantém”, afirma o executivo. Isso quer dizer que, para este próximo ano, cerca de 120 mil novos empregos devem ser criados pelas empresas do setor.


De acordo com dados da ABT, boa parte dessa mão-de-obra possui entre 18 e 24 anos e encontrou na atividade sua primeira experiência profissional. Dessa forma, o segmento de call center é considerado uma das principais portas de entrada de jovens no mercado de trabalho. “As empresas treinam e capacitam esses jovens, que geralmente começam como teleatendentes. Muitos acabam seguindo carreira, passando a cargos de supervisão e/ou coordenação de teleatendimento. E também há casos de profissionais que seguem para outras áreas dentro das empresas, como a de TI ou de marketing, por exemplo”, relata Nogueira.


Franchising
– Outro setor que sempre se destaca ano a ano como um grande gerador de empregos no país é o de franquias.


De acordo com informações fornecidas pela Associação Brasileira de Franchising (ABF), o setor de franquias brasileiro deve fechar 2010 com um crescimento de 19%, atingindo R$ 75 bilhões de faturamento. Os dados previstos pelo órgão em meados deste ano foram superados, já que o setor tinha uma expectativa de crescimento em torno de 13% e 18%.


Diante dos números positivos deste ano, a ABF já tem expectativas para 2011 e espera um aumento de 15% no faturamento, passando dos atuais R$ 75 bilhões para R$ 86 bilhões. A meta é aumentar o número de marcas de franquias em 8%, totalizando 1.920 unidades.


A Associação ainda espera fechar o ano de 2010 com 80 mil novos empregos, perante 72 mil em 2009.


Tanto otimismo leva a ABF a prever também que os postos de trabalho a serem criados pelo setor em 2011 superem os gerados ao longo deste ano, ainda que um número não tenha sido estimado.


TI
– Quando se fala no setor de Tecnologia da Informação (TI), seja globalmente ou em âmbito nacional, a busca por mão-de-obra especializada supera em muito o número de profissionais disponíveis no mercado. E não é de hoje que o setor como um todo enfrenta dificuldades para a contratação de profissionais qualificados.


“A indústria de Tecnologia da Informação cresce acima do dobro da expansão do PIB, oferece salários que são o dobro da média nacional e, ainda assim, existe uma carência significativa de profissionais qualificados no setor. Despertar os talentos para a área de TI é um dos desafios desta indústria e a Brasscom tem feito isso com maestria, por meio de programas de inclusão digital, capacitação e qualificação profissional”, afirma o diretor de educação e recursos humanos da Associação Brasileira das Empresas de Tecnologia da Informação (Brasscom), Sergio Sgobbi.


Segundo estimativas da Associação, o setor de TI deve gerar em 2011 33.134 novas oportunidades de emprego no país, levando-se em conta apenas contratações em regime CLT. No geral, a estimativa é que o setor empregue cerca de 535 mil pessoas com carteira assinada.


E uma dica é sempre válida para quem quer ingressar nesse mercado: a busca constante por renovação e capacitação é fundamental aos interessados em atuar na área de TI.


E não deixe de ler as próximas edições do JC&E, uma vez que muitos setores divulgarão suas previsões de contratações já nos próximos meses.


Muitos e bons empregos a todos são os votos desta equipe de reportagem! Feliz 2011!


Cristiane Navarro Vaz/SP

Veja também:

Expansão: Magazine Luiza planeja abrir 50 lojas em 2011

Capital paulista: Zona leste ganha novo hospital e gera empregos

Siga o JC Concursos no Google News e acompanhe nossos destaques

+ Resumo Empregos Previstos

Previstos
Vagas: Não definido
Taxa de inscrição: Não definido
Cargos: Não definido
Áreas de Atuação: Não definido
Escolaridade: Não definido
Faixa de salário:
Organizadora: O próprio órgão

+ Agenda

23/12/2011 Divulgação do Resultado Adicionar no Google Agenda

Comentários

Voltar ao topo

+Mais Lidas

JC Concursos, o seu Jornal dos Concursos de sempre. Imparcial, independente, completo.