MenuJC Concursos
Busca
Últimas Notícias | | Empregos | Sociedade | youtube jc | WEBSTORIES

Profissão da área de TI oferece salário de R$ 2,5 mil sem precisar de ensino superior; confira

Descubra como ingressar na promissora área de TI, com salários atrativos e sem a necessidade de ensino superior

Profissão da área de TI oferece salário de R$ 2,5 mil sem precisar de ensino superior; confira
Freepik
Victor Meira

Victor Meira

victor@jcconcursos.com.br

Publicado em 13/10/2023, às 20h00

WhatsAppFacebookTwitterLinkedinGmailGoogle News

Você já imaginou entrar na área de TI com um salário inicial de até R$ 2.500 por mês, sem a obrigação de ter um diploma universitário? Isso é uma realidade na área de nuvem, que atualmente enfrenta uma alta demanda e uma escassez de profissionais qualificados.

De acordo com o relatório de Inteligência e Informação da Brasscom, até 2025, o Brasil precisará de pelo menos 797 mil novos talentos em tecnologia. No entanto, apenas cerca de 46 mil graduandos são formados anualmente no Ensino Superior.

O relatório "Robert Half Technology’s 2023 IT salary report" da consultoria Robert Half também destaca a profissão de Engenheiro de Nuvem como uma das mais demandadas para este ano. Portanto, esta é uma área em crescimento contínuo e com uma alta taxa de empregabilidade.

Profissionais que lidam com tecnologia de nuvem são importantes para qualquer organização que planeje migrar, mesmo que parcialmente, seus serviços ou dados para um servidor próprio.

Uma opção para quem deseja iniciar sua jornada nessa carreira é investir em cursos de capacitação online e gratuitos. A Escola da Nuvem, uma organização sem fins lucrativos dedicada a pessoas acima de 16 anos em situação de vulnerabilidade social, oferece certificações gratuitas.

A entidade foca em fornecer tanto conhecimento teórico quanto prático para criar oportunidades de emprego, seja como analista júnior, trainee ou estagiário, em colaboração com empresas de tecnologia parceiras que disponibilizam vagas de entrada.

Segundo Ana Leticia Lucca, CEO da Escola da Nuvem, em nível júnior, um candidato com conhecimentos em computação em nuvem pode trabalhar em diversas áreas, como suporte técnico, administração de sistemas, desenvolvimento e integração de aplicativos, banco e análise de dados, e segurança. O objetivo do profissional é assegurar que as soluções em nuvem da empresa operem de forma eficiente.

Além das habilidades técnicas, os aspirantes a profissionais de TI também devem desenvolver habilidades pessoais como comunicação eficaz, liderança e criatividade. A Escola da Nuvem oferece aulas de preparação comportamental e de carreira para aprimorar essas competências.

Os especialistas em nuvem são valorizados e costumam receber salários acima da média do mercado de TI. Além disso, a constante evolução tecnológica proporciona inúmeras oportunidades de crescimento profissional. Trabalhar de forma remota e ter flexibilidade de horários são vantagens adicionais nesta área dinâmica e em constante evolução.

+++Acompanhe as principais informações sobre o mundo do trabalho no JC Concursos

Siga o JC Concursos no Google Newsempregosvagas de emprego

JC Concursos - Jornal dos Concursos. Imparcial, independente, completo.