Tudo Sobre

Empregos CNA

Rede vai gerar cerca de 600 empregos

São vagas para Professores de inglês e de espanhol, Coordenadores Pedagógicos, Assistentes de Produção etc.



Redação
Publicado em 18/07/2008, às 14h44

Dando andamento ao seu projeto de expansão, o CNA, uma das maiores redes de escolas de idiomas do país, vai abrir 50 novas unidades ao longo de 2008.

De acordo com diretor de marketing e expansão da empresa, Leonardo Cirino, as inaugurações serão responsáveis pela criação de, aproximadamente, 600 novos empregos diretos. “As áreas prioritárias para a expansão da rede são o Amapá, Amazonas, Bahia, Espírito Santo, Goiás, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Paraíba, Paraná, Pernambuco, Piauí, Rio Grande do Norte, Rio Grande do Sul, Rondônia, Santa Catarina, Sergipe, Tocantins e o interior do Rio de Janeiro”, revela o diretor.

Quanto a São Paulo, Cirino afirma que o foco atual da empresa são alguns municípios do interior. “No interior de São Paulo, a previsão é de abertura de novas unidades em 19 cidades: Atibaia, Avaré, Barretos, Birigui, Campinas, Caraguatatuba, Embu, Francisco Morato, Franco da Rocha, Itapeva, Jaú, Marília, Mogi Guaçú, Mogi Mirim, São João da Boa Vista, Ubatuba, Várzea Paulista, Votorantim e Votuporanga”, diz.

Apesar de não incluir a capital paulista e a Grande São Paulo em seus próximos planos de inaugurações, o CNA possui 150 vagas imediatas na região, em escolas que já estão em funcionamento: são 98 oportunidades para Professores de Inglês, 22 para Professores de Espanhol, 14 para Divulgadores, seis para Monitores e 10 para Secretarias. 

Cargos

Segundo Cirino, cada escola inaugurada pelo CNA necessita de profissionais para ocuparem cargos como os de Coordenador Comercial, Coordenador Pedagógico, Divulgador, Professor de Inglês e Espanhol, Supervisor de Unidade e Auxiliar de Secretaria.

Para a função de Coordenador Comercial, o executivo revela que os candidatos devem ter formação superior e experiência anterior em vendas e gestão de equipe de vendas. Já o cargo de Divulgador dirige-se a profissionais com experiência na área Comercial e nível médio completo (antigo 2º grau).

O posto de Supervisor de unidade, por sua vez, exige que profissional possua nível superior completo e vivência em função de liderança. E para a atividade de Auxiliar de Secretaria é preciso ter o ensino médio completo e experiência anterior em atendimento ao público.

Para o cargo de Coordenador Pedagógico, o executivo afirma que são contratados profissionais com formação em Letras ou em áreas correlatas como Pedagogia e Psicologia, fluência no idioma, além de experiência comprovada. Já os candidatos às vagas de Professor de Inglês ou Espanhol também precisam possuir formação em Letras ou áreas afins, além de fluência no respectivo idioma que pretendem lecionar.

“A rede valoriza, de forma geral, profissionais que possuem as seguintes habilidades: boa verbalização, comunicabilidade, dinamismo, persuasão, pró-atividade, flexibilidade, facilidade de relacionamento, objetividade, determinação, agilidade, responsabilidade, comportamento ético, foco em resultado e capacidade de trabalho em equipe”, ressalta o diretor.

Seleção

O processo de seleção dos candidatos inclui uma pré-seleção realizada pelo franqueado. Em seguida, o responsável pela franquia encaminha os selecionados a participarem de um treinamento na Administração da rede, momento em que é realizada uma avaliação de perfil do candidato, que será enviada ao franqueado em forma de relatório, para que o mesmo defina a contratação. O único cargo que precisa de autorização do franqueador é o de Coordenador Pedagógico.

Quem é contratado recebe salário e benefícios diferentes em cada ponto do país – normalmente definidos pela própria franquia -, uma vez que são baseados no porte e na região onde cada escola está localizada.

Treinamento

Os novos funcionários, assim que são admitidos, passam por um treinamento inicial, mas durante o ano continuam a ser qualificados, passando por Workshops, Conferência de Ensino Anual para os Professores e Encontro Nacional de Vendas para Divulgadoras.

Em geral, as escolas oferecem planos de carreira, principalmente para os Professores, mas este planejamento é determinado, de forma independente, pelas franquias.

Investidores

O CNA também está em busca de novos investidores, que possuam perfil empreendedor e identificação com o sistema de franchising e a natureza do negócio em que pretendem atuar.

Veja o que é preciso:

• Investimento: R$ 70 mil a R$ 180 mil (inclui capital de giro, taxa de franquia, infra-estrutura, equipamentos e mobiliário);

• Royalties: não cobra;

• Taxa de publicidade: 10% sobre o valor do material didático;

• Área mínima: 120 m²;

• Nº de funcionários: de 8 a 15;

• Prazo de retorno: 18 a 24 meses;

• Prazo de contrato: indeterminado.

Serviço:

Os interessados em candidatar-se às oportunidades de emprego criadas pelas escolas CNA devem cadastrar seus currículos no site www.cna.com.br. Basta clicar no link “Trabalhe Conosco” e preencher o formulário disponível.

Já os investidores podem obter mais informações sobre as franquias pelo telefone (11) 3053-3811, por e-mail franchising@cna.com.br ou no site da rede.

Cristiane Navarro Vaz/SP

+ Resumo Empregos CNA

CNA
Vagas: 600
Taxa de inscrição: Não definido
Cargos: Não definido
Áreas de Atuação: Administrativa, Educação, Operacional
Escolaridade: Ensino Médio, Ensino Superior
Faixa de salário:
Organizadora: O próprio órgão

+ Agenda

18/07/2009 Divulgação do Resultado Adicionar no Google Agenda

Comentários

Mais Lidas