Tudo Sobre

Empregos Enem 2020

Senado aprova projeto que adia o Enem 2020; Weintraub quer consultar inscritos

Agora, o texto precisa ser analisado pela Câmara dos Deputados para, então, ser enviado para a sanção do presidente Jair Bolsonaro



Douglas Terenciano | douglas@jcconcursos.com.br
Publicado em 20/05/2020, às 09h47 - Atualizado às 09h53

Enem 2020
Divulgação

Devido a pandemia de coronavírus, o Senado aprovou na última terça-feira, dia 19, o projeto que adia automaticamente as provas que dão acesso aos cursos de graduação, como vestibulares e também o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem 2020). Agora, o texto precisa ser analisado pela Câmara dos Deputados para, então, ser enviado para a sanção do presidente Jair Bolsonaro, que poderá sancioná-lo integral ou parcialmente ou ainda vetar.

A proposta, de autoria da senadora Daniella Ribeiro (PP-PB), prevê o adiamento de todas as provas para todas as instituições de ensino do país, inclusive universidades privadas.

O calendário do Enem 2020, divulgado pelo Inep, prevê a aplicação das provas presenciais nos dias 1º e 8 de novembro, e o exame no meio digital, nos dias 22 e 29. Vale destacar que o texto do Senado não define uma nova data para as avaliações.

No aprovado, o adiamento vale em cenário de calamidade pública, já que o decreto foi reconhecido em razão da pandemia do novo coronavírus e começou a valer em 20 de março, com prazo para vigorar até 31 de dezembro deste ano.

No início deste mês, o ministro da Educação, Abraham Weintraub, chegou a participar de uma reunião com os senadores. Na ocasião, ele defendeu a manutenção das datas originais do exame e disse que reavaliaria a situação do Enem novamente apenas em agosto.

Ministro da Educação quer consultar inscritos no Enem sobre adiamento

Um pouco antes da aprovação do texto, Abraham Weintraub publicou em rede social que pretende abrir uma consulta aos estudantes inscritos no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem 2020) sobre a data do exame. "O MEC fará uma consulta, na última semana de junho, a todos os inscritos, através da “Página do Participante”, do @inep_oficial. Vamos manter a data? Adiar por 30 dias? Suspender até o fim da pandemia?", escreveu o ministro.

O ministro inicialmente não deu mais detalhes sobre a medida, mas afirmou que consulta é devido aos questionamentos sobre a manutenção do cronograma mesmo com a rotina dos estudantes alterada pelo coronavírus. “Neste momento, 4.000.000 de brasileiros já se inscreveram no #ENEM2020. As inscrições vão até sexta-feira. Há um debate sobre seu adiamento. Nosso posicionamento é saber a opinião dos principais interessados, perguntando diretamente aos estudantes inscritos", publicou Abraham Weintraub.

+++ Confira mais notícias sobre o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem 2020), incluindo dicas e conteúdo relacionados a prova, na página específica sobre o exame.

Jovem conta como conseguiu o Emprego dos Sonhos

Sobre INEP - Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira

O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira é uma autarquia federal vinculada ao Ministério da Educação.

+ Resumo Empregos Enem 2020

ENEM - Exame Nacional do Ensino Médio
Vagas: Não definido
Taxa de inscrição: Até R$ 85,00
Cargos: Não definido
Áreas de Atuação: Não definido
Escolaridade: Ensino Médio, Ensino Técnico
Faixa de salário:
Organizadora: INEP
Estados com Vagas: AC, AL, AM, AP, BA, CE, DF, ES, GO, MA, MG, MS, MT, PA, PB, PE, PI, PR, RJ, RN, RO, RR, RS, SC, SE, SP, TO

+ Agenda

11/05/2020 Abertura das inscrições Adicionar no Google Agenda
22/05/2020 Encerramento das inscrições Adicionar no Google Agenda
enem

Comentários

Mais Lidas