MenuJC Concursos
Busca
Últimas Notícias | | Empregos | Sociedade | youtube jc | WEBSTORIES

Tem mais de 50 anos? Confira 4 dicas para trabalhar na área de TI

O mercado de tecnologia segue em crescimento no Brasil e apresenta oportunidades cada vez mais exigentes. Veja dicas para quem tem mais de 50 anos

Dicas para área de tecnologia
Dicas para área de tecnologia - Freepik
Douglas Terenciano

Douglas Terenciano

douglas@jcconcursos.com.br

Publicado em 08/03/2023, às 11h30 - Atualizado às 11h33

WhatsAppFacebookTwitterLinkedinGmailGoogle News

Considerado concorrido entre os profissionais qualificados, o mercado de tecnologia segue em crescimento no Brasil e apresenta oportunidades cada vez mais exigentes. Ainda que o cenário seja considerado complexo devido ao momento das Big Techs e startups de tecnologia que passam por layoffs e reestruturações de operações, segundo a Brasscom (Associação das Empresas de Tecnologia da Informação e Comunicação e de Tecnologias Digitais), no Brasil, 53 mil pessoas se formam por ano em tecnologia, área que segue em evidência e possui uma demanda média anual de 159 mil profissionais.

Considerando o número, é comum pensar que sobram vagas, mas nem todos os qualificados são considerados para as vagas, principalmente os com mais de 50 anos, devido ao preconceito etário ainda presente no mercado.

+++ Shopping Ibirapuera oferece espaço para cadastramento de profissionais em SP

Segundo Kari Silveira, cofundadora e COO da Impulso, organização especializada no desenvolvimento de profissionais e entrega de times de tecnologia sob demanda, o etarismo ainda representa um sério obstáculo para esses profissionais que procuram uma nova colocação ou recolocação no mercado. Pensando nisso, a executiva listou quatro dicas para aqueles que querem se destacar na área:

Aprenda e compartilhe conhecimento

Independente do nível de experiência do profissional, sempre há algo novo para aprender e compartilhar, seja relacionado a hard skills, requisitos técnicos para atuar na área de tecnologia, quanto as soft skills, habilidades comportamentais cada vez mais valorizadas pelas empresas. Neste sentido, além de estar sempre atento às novas tendências de mercado, é importante garantir a integração com profissionais juniores e plenos em fóruns ou grupos, promovendo a colaboração entre colegas e gerando reflexões diversas que contribuem para o desenvolvimento do setor.

Além disso, o senso de colaboração atualmente é um dos valores mais requisitados pelas empresas e se colocar à disposição para ensinar, além de contribuir com os colegas, é uma ótima maneira de aprender. Afinal, quanto mais se ensina, mais se aprende.

Tenha a mente aberta

O outro lado da moeda também é importante. Portanto, é válido não permitir que a idade seja um limitador e impeça o profissional de buscar e aceitar novas oportunidades. Quando elas surgirem, vale abraçar novas ideias e não se fechar para as tendências do mercado. Tão importante quanto trazer a própria bagagem de experiências, é também aprender novas e possivelmente mais eficientes formas de trabalhar. Por isso, o profissional deve ser flexível e estar disponível para novos projetos, iniciativas, estratégias e formatos de trabalho e desafios. Mesmo que no começo possa haver alguma dificuldade, é essencial focar na dedicação e acreditar no seu potencial.

Aprimore suas habilidades

Em uma área que está sujeita a constantes mudanças e evoluções, seja em atualizações, segurança, ou até mesmo novas tendências, é extremamente importante não se acomodar e seguir expandindo as habilidades técnicas para se destacar no mercado. Para isso, é fundamental estudar constantemente novos conceitos e práticas relacionados a diferentes assuntos e vertentes da tecnologia. Atualmente, existem maneiras eficientes de se fazer isso. O acesso livre à informação na internet permite o acesso a conteúdos por meio de artigos, podcasts, livros, revistas e até mesmo webinars e workshops ministrados por especialistas sobre os temas do segmento.

Marque presença nas redes sociais

Hoje em dia, muitas empresas buscam pessoas capacitadas por meio das redes sociais, como o LinkedIn, que é a maior rede profissional do mundo. Se o profissional não está familiarizado com as redes sociais, vale pedir ajuda a pessoas próximas, que possuem um maior entendimento do assunto. Estar presente em algumas redes é uma grande vantagem e pode ajudar na construção de relacionamento com as empresas. Para isso, no LinkedIn, construa um perfil atrativo que apresente as formações, experiências e habilidades.

Além disso, é válido investir parte do tempo na elaboração de publicações que podem refletir suas vivências, o que além de transmitir suas opiniões e posicionamentos, pode ser uma boa oportunidade para aproximação de conexões estratégicas.

Siga o JC Concursos no Google Newsempregosvagas de emprego

JC Concursos - Jornal dos Concursos. Imparcial, independente, completo.