Domingo (31) é o último dia de inscrições para trainee

As posições estão distribuídas nos cinco pólos produtivos da empresa localizados nos Estados de São Paulo (capital e Campinas), Goiás, Mato Grosso e Mato Grosso do Sul.

Douglas Terenciano
Publicado em 28/03/2013, às 10h23

A Odebrecht Agroindustrial, empresa que atua na produção e comercialização de etanol, encerra neste domingo, 31, o prazo de inscrições para o Programa Jovem Parceiro 2013, com mais de 30 vagas para recém-formados em diversas áreas.

Interessados devem efetuar inscrições no site www.odebrechtagroindustrial.com.

Fique por dentro

As posições estão distribuídas nos cinco pólos produtivos da empresa localizados nos Estados de São Paulo (capital e Campinas), Goiás, Mato Grosso e Mato Grosso do Sul.

Os postos são para profissionais recém-formados nos cursos de administração de empresas, ciências contábeis, ciências econômicas, comunicação social, engenharia agrícola, engenharia agronômica, engenharia civil, engenharia de controle e automação, engenharia de produção, engenharia elétrica, engenharia eletrônica, engenharia industrial mecânica, engenharia mecânica e jornalismo.

É necessário ter nível intermediário na língua inglesa e domínio do pacote Office. Com início previsto para julho deste ano, o programa tem duração de dois anos e adota o sistema job rotation, que permite aos aprovados trabalharem em diferentes áreas de acordo com a formação acadêmica.

Os participantes poderão atuar nos departamentos de agrícola, industrial, manutenção (agrícola e industrial), administrativa, comercial, suprimentos, logística e negócios internacionais, engenharia, tecnologia, inovação e investimentos, finanças, TI, planejamento estratégico e relação com investidores, pessoas e inteligência empresarial.

“O objetivo do Programa Jovem Parceiro é oferecer aprendizado aos profissionais com potencial em início de carreira, com perfis e qualificações diferenciados e que sejam comprometidos, e desenvolvê-los para atuarem nas frentes de negócios da empresa”, destaca Genésio Couto, vice-presidente de pessoas, sustentabilidade e comunicação da Odebrecht Agroindustrial.

O processo seletivo consiste em triagem de currículo, testes on-line de inglês e raciocínio lógico, dinâmica de grupo, painel de negócios e entrevista.

Além da remuneração, os jovens contratados terão direito aos benefícios de assistência médica e odontológica, seguro de vida, previdência privada, vale-alimentação e vale-transporte.

Comentários

Mais Lidas