MenuJC Concursos
Busca
Últimas Notícias | | Empregos | Sociedade | youtube jc | WEBSTORIES

Turismo de São Paulo tem quase dez mil novos empregos criados no mês

Os dados de fevereiro revelam a evolução do setor de Turismo de São Paulo, segundo Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged)

Turismo de SP gerando novos empregos
Turismo de SP gerando novos empregos - Agência Brasil
Douglas Terenciano

Douglas Terenciano

douglas@jcconcursos.com.br

Publicado em 03/04/2023, às 09h43 - Atualizado às 09h47

WhatsAppFacebookTwitterLinkedinGmailGoogle News

A Secretaria de Turismo e Viagens de São Paulo compartilhou na última quinta-feira, 30, os dados de empregos apresentados pelo Caged, o Cadastro Geral de Empregados e Desempregados, ferramenta estatística do Estado para monitorar o processo de admissão e de dispensa de trabalhadores regidos pela CLT. Foram 9.898 novos postos formais diretos criados pelo turismo de São Paulo.

De acordo com os dados, todas as atividades turísticas monitoradas tiveram saldos positivos em fevereiro, como o setor de alimentação, eventos e transportes. No acumulado, janeiro e fevereiro foram 8.358 postos formais diretos no turismo, uma vez que o saldo de janeiro foi negativo. A previsão para 2023 é que o turismo gere 60 mil empregos em São Paulo ao longo do ano. As informações são da Secretaria de Turismo e Viagens de São Paulo.

“O Turismo de São Paulo está atuando em várias frentes: melhorando a conectividade entre os destinos, avançando em gastronomia, estruturas náutica e turismo rural”, afirmou o secretário de Turismo e Viagens de São Paulo, Roberto de Lucena. “A orientação do Governo de SP é descentralizar o setor e levar desenvolvimento para os municípios do interior”, completou.

Geração de empregos deve crescer ainda mais em 2023

A Secretaria de Turismo e Viagens de São Paulo prevê que o desempenho do turismo paulista este ano será o maior dos últimos cinco anos. A estimativa é de que a economia do setor cresça 7,8% em 2023, como revela o Centro de Inteligência da Economia do Turismo (CIET), ligado à Secretaria de Turismo e Viagens. O PIB do turismo paulista atingirá R$ 299,4 bilhões, destacando São Paulo como o maior polo turístico do país.

O resultado se deve ao avanço do turismo doméstico. São esperados 45 milhões de turistas nacionais, estimulados pelo turismo rodoviário, a hotelaria e o setor de bares e restaurantes; um milhão a mais que em 2019, último ano antes da pandemia. O turismo internacional também cresce: 2,3 milhões de turistas estrangeiros, contra 2,1 milhões de 2019.

Os aeroportos devem registrar 77 milhões de passageiros, na maior movimentação desde 2019, considerando voos domésticos e internacionais para Congonhas, Guarulhos e Viracopos. A ocupação dos meios de hospedagem chegará a 65,8% este ano, também superior a 2019; assim como o setor de bares e restaurantes, 8% maior que em 2022.

Siga o JC Concursos no Google Newsempregosvagas de emprego

JC Concursos - Jornal dos Concursos. Imparcial, independente, completo.