SP: Ultra recebe inscrições para postos de estágio

Todo o processo seletivo está previsto para ser encerrado entre o fim de outubro e o início de novembro deste ano

Douglas Terenciano
Publicado em 31/08/2016, às 15h09

O companhia de multinegócios Ultra recebe inscrições para a edição 2017 de seu programa de estágio, com oportunidades para estudantes do ensino superior de diversas áreas. Os selecionados atuarão na cidade de São Paulo.

Vagas

Universitários com a conclusão prevista para dezembro de 2017, nos cursos de administração de empresas, ciências atuariais, ciências contábeis, ciências econômicas, ciências da computação, engenharia (diversas especialidades), estatística, jornalismo, relações internacionais, relações públicas e sistemas da informação podem se inscrever. Além disso, a empresa solicita que os candidatos tenham inglês avançado, conhecimento do pacote Office e disponibilidade para estagiar entre 18 e 30 horas semanais.

Cadastre seu currículo por 7 dias gratuitos para concorrer a vagas de emprego

O programa é destinado aos jovens que valorizem desafios e que queiram contribuir e aprender. Durante as atividades, o participante atuará no centro corporativo da companhia, nas áreas de auditoria interna e compliance, comunicação, controladoria, facilities e utilities, finanças, fusões e aquisições, investimentos, jurídico societário e tributário, planejamento, projetos especiais, recursos humanos, relações com investidores, tecnologia da informação e tesouraria.

Seleção

As etapas de seleção consistirão em testes on-line (inglês e raciocínio lógico), vídeo desafio evento Ultra Experience, painel de negócio e entrevista junto a profissionais de recursos humanos e/ou gestores responsáveis pelo setor com vaga ofertada. Todo o processo seletivo está previsto para ser encerrado entre o fim de outubro e o início de novembro deste ano.

Inscrições

Interessados devem efetuar inscrições no site www.ciadetalentos.com.br/estagioultra até o dia 12 de setembro. O início das atividades está previsto para o mês de janeiro de 2017.

Comentários

Mais Lidas