Sine RJ oferece diversas vagas de emprego

O Sistema Nacional de Empregos, órgão ligado ao Ministério da Economia, oferece vagas nos setores do comércio, serviços, administrativo, industrial, operacional e alimentício

Douglas Terenciano
Publicado em 08/04/2019, às 15h48

O Sistema Nacional de Empregos (Sine), órgão ligado ao Ministério da Economia, está com diversas vagas de emprego abertas no Rio de Janeiro. Há oportunidades para candidatos de todos os níveis de escolaridade nos setores do comércio, serviços, administrativo, industrial, operacional e alimentício.

Vagas de emprego Sine RJ 2019

Trabalhadores encontram postos de emprego nas carreiras de assistente de vendas, auxiliar de lanchonete, balconista, ajudante de carga e descarga, assistente administrativo, costureira, web designer, faxineiro, garçom, operador de caixa, técnico de enfermagem, porteiro, pedreiro, atendente de loja, mecânico, motorista, comerciante, entre outras funções. Vale destacar que o número de vagas abertas pode sofrer alterações conforme o preenchimento dos cargos.

Os requisitos exigidos são bastante variados, com vagas para candidatos de praticamente todos os níveis escolares, com ou sem experiência profissional, ampliando as chances aos jovens em busca do primeiro emprego. Já o valor dos salários e os benefícios oferecidos oscilam conforme a função e a empresa contratante.

A intermediação de mão-de-obra do Sistema Nacional de Empregos visa colocar profissionais ou jovens em busca do primeiro emprego no mercado de trabalho, por meio de vagas captadas junto as empresas, reduzindo o tempo de espera, tanto para o candidato quanto para o empregador. Com isso, o serviço do Sine busca promover o encontro de oferta e demanda de emprego.

Como se inscrever

Os interessados em concorrer a uma vaga de emprego devem cadastrar seus dados profissionais no banco de currículos do Sine. O site https://empregabrasil.mte.gov.br disponibiliza uma ferramenta de busca para ofertas de trabalho. Na seção “Trabalhador”, basta que o candidato digite o cargo desejado no campo “Ocupação” para pesquisar uma oportunidade em sua região. Mais informações podem ser obtidas no portal https://servicos.mte.gov.br.

Dicas para entrevista de emprego

O desafio de superar os demais concorrentes durante uma entrevista de emprego fica cada vez mais acirrado. Quem está fora do mercado de trabalho por um longo período tende a sentir ainda mais esse peso, já que é comum afetar a autoestima e a confiança desses profissionais.

Normalmente, a insegurança diante dos questionamentos de um recrutador é grande, especialmente na hora de explicar os motivos de estar tanto tempo fora do mercado. Ter uma postura otimista e transparência a respeito das dificuldades de recolocação pode ajudar a conquistar o novo posto, mas também é fundamental deixar claro que os meses parados não foram desperdiçados. Ao contrário, o tempo foi usado para se reciclar, fazer cursos, aprender e voltar ao trabalho ainda mais preparado do que antes. É essencial que o candidato não deixe o desânimo, o medo e a insegurança predominar, pois pode afetar seu desempenho durante a entrevista ou dinâmica de grupo.

O trabalhador deve ser transparente e franco com relação ao momento vivido, mas, ao mesmo tempo, mostrar-se confiante e seguro de que está pronto para dar o melhor de si na nova oportunidade.

A instabilidade econômica do país faz com que muitas empresas cortem custos e, com isso, bons profissionais perdem seus postos. É importante analisar o campo de atuação em que busca uma vaga para observar as possibilidades. Lembre-se: cada setor/área tem uma característica, com maior ou menor velocidade de recolocação, mesmo nos tempos de crise.

Comentários

Mais Lidas