Programa “Porteiro Amigo do Idoso”: nova turma em SP

Iniciativa gratuita do Grupo Bradesco Seguros será realizada nos dias 22, 23 e 24 de setembro, das 13h30 às 17h30

Renan Abbade
Publicado em 09/09/2015, às 12h34

Criado pelo Grupo Bradesco Seguros, o programa “Porteiro Amigo do Idoso”, que visa capacitar os profissionais que lidam diariamente com moradores longevos a oferecer-lhes soluções e cuidados adequados às suas necessidades, está com inscrições abertas para a quinta turma do ano em São Paulo/SP.

Inteiramente gratuitas, as aulas serão realizadas de 22 a 24 de setembro, das 13h30 às 17h30, na República (avenida Ipiranga, nº 313).

O objetivo é capacitar o porteiro, apontado como “o melhor amigo do idoso” em pesquisa realizada pela Organização Mundial da Saúde (OMS) com cidadãos da terceira idade de 32 países, a atuar de forma preventiva e proativa na resolução de questões do cotidiano, contribuindo para a segurança, autonomia, mobilidade e independência da população longeva.

A metodologia, desenvolvida pelo Senac/RJ e aplicada em São Paulo pelo Senac São Paulo, inclui uma vivência para que os alunos aprendam a se colocar no lugar dos idosos e a lidar com situações comuns para quem convive com pessoas longevas. Óculos para dificultar a visão, pesos nos pés e aparelho auricular, entre outros artifícios, são utilizados de forma que os porteiros sintam as limitações que a idade pode trazer e reflitam sobre as dificuldades enfrentadas pelos mais velhos.

Para Gilberto Brito de França, zelador que participou da primeira turma deste ano em São Paulo, o curso não mudou somente a maneira de enxergar o seu dia a dia no condomínio, onde trabalha há 10 anos. “Aprendemos coisas que podemos trazer para o nosso cotidiano”, afirma. Com sua influência de zelador, conseguiu, por exemplo, convencer os moradores a instalar barra de apoio nos banheiros dos apartamentos. “Eu mesmo comprava e instalava o acessório para eles”, orgulha-se.

Os interessados podem se inscrever pelo site www.vilavelha.com.br/longevidade.

Sobre o programa


O programa “Porteiro Amigo do Idoso” foi criado em 2010 pelo Grupo Bradesco Seguros, sob a orientação de Alexandre Kalache, que também é conselheiro sênior sobre envelhecimento global da Academia de Medicina de Nova York (The New York Academy of Medicine) e ex-coordenador de programas de envelhecimento da Organização Mundial da Saúde (OMS).

Em São Paulo, o programa foi lançado em 2012 no bairro Higienópolis, onde se estima que haja cerca de 15.000 pessoas com 60 anos ou mais. Desde a criação do programa, em 2010, no bairro de Copacabana, no Rio de Janeiro, já foram formados cerca de 1.250 profissionais. A expectativa é formar, no total, aproximadamente 1.700 porteiros até janeiro de 2016, uma vez que a iniciativa foi estendida a outras cidades paulistas (Campinas, Santo André e Ribeirão Preto) e outros Estados (Minas Gerais e Espírito Santo), além de alcançar novos bairros no Rio de Janeiro (Botafogo, Flamengo e Tijuca).

Comentários

Mais Lidas