Inscrições abertas para trainees na AES Brasil

O programa de trainee é voltado para profissionais formados entre dezembro de 2013 e dezembro de 2015 em administração, economia, ciências contábeis, direito, engenharia, comunicação e afins

Renan Abbade
Publicado em 02/09/2015, às 11h23

O programa de trainee da AES Brasil, grupo do setor elétrico do país, está com inscrições abertas até o dia 20 de setembro. Durante dois anos, os trainees vão participar da rotina das empresas da AES Brasil e desenvolver projetos estratégicos em contato com a alta liderança. Além disso, ao longo do programa, um gestor acompanha e auxilia no crescimento profissional dos participantes.

Como participar


O programa de trainee é voltado para profissionais formados entre dezembro de 2013 e dezembro de 2015 em administração, economia, ciências contábeis, direito, engenharia, comunicação e afins. Os interessados também deverão ter disponibilidade para residir em São Paulo ou no Rio Grande do Sul e falar inglês fluentemente. Estão abertas 12 vagas e, para se candidatar, basta acessar o site www.aesbrasil.com.br/conteudo/trabalhenaaesbrasil.

Etapas da seleção


O processo seletivo envolve quatro etapas, sendo uma on-line e três presenciais. Logo na inscrição, os candidatos respondem testes de inglês, português e raciocínio lógico. Os aprovados passam para a fase de dinâmicas de grupo presenciais, em São Paulo, que serão realizadas entre 21 de setembro e 21 de outubro.
Cadastre seu currículo por 7 dias gratuitos para concorrer a vagas de emprego

Em seguida, é a vez dos painéis com gestores da AES Brasil, nos dias 3, 4 e 5 de novembro, em São Paulo, e, no dia 9 de novembro, em Porto Alegre. Por último, será realizada a entrevista com os finalistas. O resultado será divulgado entre 17 e 28 de novembro. Os novos trainees já começam as atividades em janeiro de 2016.

Sobre o programa


Para Carolina da Fonseca, engenheira eletricista e trainee da distribuidora de energia AES Eletropaulo, empresa do grupo, “conhecer grandes executivos, ampliar sua rede de relacionamento e ter a oportunidade de mostrar suas habilidades ao mercado fazem toda a diferença para os recém-formados”.

Outra vantagem do programa é o “job rotation”. A cada seis meses, o profissional tem a chance de explorar outros setores da companhia, inclusive, fora da sua área de formação. “Minhas experiências anteriores foram em engenharia. Já na minha primeira rotação, aqui, fui trabalhar na área de relações com investidores e lidar com finanças foi um desafio que me trouxe aprendizados pessoais e profissionais. Quem deseja aprimorar o conhecimento precisa passar por essa experiência, afirma Bruno Cavassini, engenheiro mecânico e trainee da concessionária em São Paulo.

O grupo lançou a primeira turma do programa em 2010. Desde então, sete turmas já foram formadas. Em 2016, será a oitava edição. Segundo Andrea Perosa, gerente de gestão e atração de talentos da AES Brasil, “90% dos participantes permaneceram na companhia após o período de dois anos. Isso reflete o compromisso da AES Brasil com a sociedade. A empresa é consciente da importância de formar novos líderes, com ampla visão de negócios e qualificados para lidar com os desafios da rotina corporativa".

Comentários

Mais Lidas