Tudo Sobre

Concurso Profissões e Cursos

Engenharia Mecânica

Aliando conhecimentos de Matemática e Física



Redação
Publicado em 29/06/2007, às 14h35

Esse profissional desenvolve e projeta máquinas, equipamentos, veículos, sistemas de aquecimento e de refrigeração e ferramentas específicas da indústria mecânica, entre outros


A Engenharia Mecânica é o ramo da Engenharia em que conhecimentos de Matemática e Física são utilizados para projetar, construir e operar sistemas mecânicos. O profissional dessa área desenvolve e projeta máquinas, equipamentos, veículos, sistemas de aquecimento e de refrigeração e ferramentas específicas da indústria mecânica. Além disso, calcula a quantidade necessária de matéria-prima, providencia moldes das peças que serão fabricadas, cria protótipos e testa os produtos obtidos.

Segundo Luiz Fiorani, coordenador do curso de Engenharia Mecânica da Universidade São Judas Tadeu, "o Engenheiro Mecânico pode atuar em toda e qualquer empresa onde há necessidade de alguém que seja capaz de conceber, projetar, analisar, decidir, gerir processos e tornar viável a construção e operação de máquinas e equipamentos para atender às necessidades da comunidade".

De acordo com o educador, esse profissional encontra campo em várias atividades ligadas a processos mecânicos em geral, como instalações industriais equipamentos mecânicos e eletrônicos, veículos automotores sistemas de produção, transmissão e utilização de calor e sistemas de refrigeração, ar condicionado e produção de vapor, entre outras. "A escolha dessa profissão deve ser motivada pela vocação, pois mesmo sendo realizadora, exige dedicação e perseverança. Enganam-se aqueles que a escolhem pensando apenas no salário e no prestígio. No entanto, quem a exerça em plenitude, tem orgulho de ser chamado de Engenheiro", enfatiza.

Perfil

Para Fiorani, o profissional dessa carreira deve ter sólida formação técnica e científica para a identificação e elaboração de modelos destinados à solução de problemas relacionados com o projeto de produtos e serviços, com o sistema produtivo e com sistemas auxiliares. "O Engenheiro Mecânico deverá ser capaz de gerenciar recursos técnicos, humanos e energéticos, além de estar preocupado com o bem-estar social e com o meio ambiente. Precisa possuir espírito crítico e investigativo", analisa o coordenador.

Curso

Segundo informa o educador da São Judas, o curso de Engenharia Mecânica, oferecido naquela instituição, destaca-se pela orientação generalista, sendo o seu currículo elaborado de forma a permitir que os futuros Engenheiros estejam capacitados para atuar nas três áreas da engenharia plena: Engenharia de Projetos, conhecida como de Concepção; de Processos, lembrada como Engenharia Industrial; e a de Métodos, também conhecida como Engenharia de Produção.

A estrutura do curso é composta por disciplinas de formação básica (fundamentos científicos e tecnológicos da Engenharia); matérias de formação profissional geral (aquelas que caracterizam a habilitação); disciplinas de formação específica (próprias da habilitação, mas que são estabelecidas pela instituição); matérias de formação geral (natureza sócio-econômica); e disciplinas complementares (extensão das demais).

"Além disso, como exige a legislação, o aluno deverá cumprir estágio obrigatório no último ano e para colar grau deverá executar um trabalho de conclusão de curso - apresentação de monografia", aponta Fiorani.

Mercado de Trabalho

A melhor maneira de o Engenheiro Mecânico ingressar profissionalmente no setor é mesmo por meio da realização de estágio. Em geral, as indústrias procuram as faculdades para recrutar estagiários e, normalmente, os alunos têm grandes chances de efetivação como funcionário.

O coordenador da Universidade São Judas Tadeu qualifica como grande o mercado de trabalho para Engenheiros. Para ele, isso se deve principalmente a atuação muito abrangente desse profissional. "As empresas sempre vão precisar de bons Engenheiros e em grande número, pois a tecnologia muda muito rapidamente. É consenso que, se o Brasil crescer a uma taxa de 5% ao ano, em 2010 faltarão Engenheiros", enfatiza Fiorani, que cita algumas das áreas mais promissoras na carreira: "são boas as possibilidades profissionais nas áreas de Mecânica Aplicada, Construção de Máquinas e Estruturas, Processos de Produção, Automação Industrial, Produção e Conservação de Energia Mecânica e Máquinas em Geral. Enfim, prioridade para tudo o que se refere ao meio ambiente".

Carreira militar

Uma das opções da área de Engenharia Mecânica é seguir a carreira militar. Entre as instituições que oferecem essa possibilidade está o ITA (Instituto Tecnológico de Aeronáutica), em São José dos Campos, no Interior de São Paulo.

Implantado em 1962, o curso – transformado em Engenharia Mecânica-Aeronáutica em 1975 – tem por objetivo formar profissionais para atuarem nas áreas de Pesquisa, Projeto, Desenvolvimento, Fabricação, Gerenciamento e Administração de Sistemas, Térmica, Dinâmica dos Fluidos, Transferência de Calor e Massa, Projetos de Máquinas e Estruturas, Mecatrônica, Instrumentação, Controle, Processos de Fabricação, Materiais, Pesquisa Operacional, Economia, Engenharia Industrial e Administração, associados a Sistemas Mecânicos, Aeronáuticos e Nucleares.

Quem opta pela carreira militar no ITA (que, inclusive, dá chance também para quem quer fazer o curso como civil), visa sua futura inclusão no Quadro de Oficiais Engenheiros da Ativa da Aeronáutica (QOEng).

Vale dizer que a partir do terceiro ano letivo, o estudante passará a pertencer ao Quadro de Alunos Aspirantes a Oficial da Aeronáutica, com direito a recebimento de vencimentos correspondentes ao posto. Após o término do curso, será promovido a 1º Tenente Engenheiro.

As inscrições para o Vestibular ITA 2008 começam em 1º de agosto deste ano. Além de efetuar o pagamento da taxa de R$ 90,00, os candidatos deverão atender aos seguintes requisitos: ser brasileiro (a) nato (a), solteiro (a) e não arrimo de família; ter, no máximo, 23 anos no dia 31 de dezembro de 2007.

Ainda no mês de julho, os leitores poderão conferir aqui reportagem completa sobre o Vestibular do ITA 2008.


Rogerio Jovaneli/SP

Sobre Acep

Associação Cearense de Estudos e Pesquisas

+ Resumo do Concurso Profissões e Cursos

Profissões e Cursos
Vagas: Não definido
Taxa de inscrição: Não definido
Cargos: Não definido
Áreas de Atuação: Educação
Escolaridade: Ensino Fundamental, Ensino Médio
Faixa de salário:
Organizadora: Acep
Estados com Vagas: AC, AL, AM, AP, BA, CE, DF, ES, GO, MA, MG, MS, MT, PA, PB, PE, PI, PR, RJ, RN, RO, RR, RS, SC, SE, SP, TO

+ Agenda do Concurso

28/06/2008 Divulgação do Resultado Adicionar no Google Agenda

Comentários

Mais Lidas