Tudo Sobre

Concurso Profissões e Cursos

Gestão de Recursos Humanos

Gostar de pessoas é fundamental



Redação
Publicado em 12/03/2007, às 09h51

Transmitir aos alunos uma visão ampla e crítica sobre gestão no segmento de RH, preparando-os para a aplicação, na prática, de técnicas e tecnologias que se relacionem com todas as atividades no segmento, esse é o objetivo do curso de Gestão de Recursos Humanos.

Dirigido a profissionais de todas as áreas que desejam adentrar no ramo de RH e que estejam interessados em adquirir conhecimentos e instrumentos que os capacitem para uma atuação profissional eficaz, o curso contempla a área específica e temas orientados para o desenvolvimento de habilidades e competências gerenciais atualizadas, usando bases nacionais e internacionais e formas que possibilitam um diferencial no mercado, como metodologia de casos, apresentações efetivas e atividades complementares.

"O profissional formado nessa carreira atuará na gestão do capital humano das organizações, desenvolvendo atividades relacionadas à elaboração, planejamento e desenvolvimento das estratégias que visam o desenvolvimento organizacional. Ele trabalhará no setor de treinamento e capacitação dos indivíduos na organização, tendo como objetivo a tomada de decisão para o desenvolvimento do fator humano, de modo a agregar valor para a organização e a sua área de atuação", explica o Antônio Fernando Gomes Alves, professor do curso na Universidade São Judas Tadeu.

"O curso tem duração de dois anos, sendo que na São Judas o estágio supervisionado é obrigatório e tem duração de 200 horas/aula. Dentre as disciplinas dessa modalidade estão: Competências e habilidades, Comunicação empresarial e pessoal, Contabilidade e indicadores gerenciais, organizacionais e princípios de gestão", afirma o Professor Abdalla Added, coordenador do curso de Gestão de Recursos Humanos, ministrado pela Universidade São Judas Tadeu.

Perfil

Segundo Alves, a maioria das organizações possui um setor de treinamento e seleção. E é exatamente aí que entra o trabalho do Gestor. "O profissional qualificado em Recursos Humanos pode atuar tanto no nível gerencial como no nível operacional, seja na elaboração de cargos e salários, avaliações de desempenho e remuneração, treinamentos e desenvolvimento para novos produtos, diretoria ou assessoria", declara o educador, que completa: "o estudante que quer atuar nessa área deve gostar de pessoas. Precisa entender que o ser humano é a razão da sua profissão e por isso não pode ser tratado como uma ‘coisa’, devendo ser entendido na sua complexidade e no contexto das organizações".

Alves ainda relaciona, a seguir, algumas características fundamentais para quem pretende ingressar na área:

• ter boa comunicação oral e escrita;
• possuir idéias criativas;
• ter equilíbrio na relação com as pessoas para a solução de conflitos;
• saber ouvir com atenção;
• possui iniciativa;
• ter boa formação acadêmica – conhecimento de linhas e atributos científicos;
• buscar atualização constante na área;
• saber liderar pessoas e trabalhar em equipe.

Mercado

Na opinião do Professor Alves, o mercado de trabalho é muito receptivo aos profissionais da área de Recursos Humanos. Segundo ele, com a globalização e a integração econômica, os negócios exigem cada vez mais funcionários qualificados e que estejam em constante aperfeiçoamento. "Dessa forma, abre-se um espaço para treinamentos, formação e desenvolvimento de pessoas e, com isso, as áreas ligadas a pessoas têm conseguido ampliar sua atuação e atingir melhores resultados", aponta o educador, que acrescenta: "assessoria estratégica para as organizações; treinamento e desenvolvimento de pessoas; formação gerencial para as organizações; capacitação profissional são as áreas de atuação mais promissoras nesta carreira".

Como ingressar
na profissão

Para o coordenador do curso de Gestão de Recursos Humanos da Universidade São Judas Tadeu, a melhor maneira de iniciar, profissionalmente, no setor é por meio de realização de estágio. "O primeiro nível de atuação dos estudantes é escolher um bom estágio. Digo estágio onde a empresa possua definições claras desse estagiário, de modo que ele passe por todas seções do departamento de RH", ressalta o Professor Abdalla, que complementa: "recomendo muita leitura sobre temas nessa área. Atualmente a Internet, o mercado editorial e científico têm produzido muitos artigos, revistas e livros sobre o desenvolvimento de pessoas. Acredito que uma boa revista de RH ou Gestão de Pessoas seja o primeiro passo. Formar um pequeno acervo científico pode ajudá-lo sempre que precisar".

Outra dica do coordenador é participar de pesquisas organizacionais acadêmicas de clima organizacional e desenvolvimento de pessoas. "Hoje, a universidade necessita de pesquisas e muitos alunos não atuam nessa área por acharem que não agrega valor, o que está errado, pois agrega valor ao seu conhecimento e ao desenvolvimento de novas técnicas e dinâmicas de aplicação", finaliza Abdalla.


Rogerio Jovaneli/SP

+ Resumo do Concurso Profissões e Cursos

Profissões e Cursos
Vagas: Não definido
Taxa de inscrição: Não definido
Cargos: Não definido
Áreas de Atuação: Educação
Escolaridade: Ensino Médio
Faixa de salário:
Estados com Vagas: AC, AL, AM, AP, BA, CE, DF, ES, GO, MA, MG, MS, MT, PA, PB, PE, PI, PR, RJ, RN, RO, RR, RS, SC, SE, SP, TO

+ Agenda do Concurso

11/03/2008 Divulgação do Resultado Adicionar no Google Agenda

Comentários

Mais Lidas