Tudo Sobre

Concurso Profissões e Cursos

Química

Fórmula certa



Redação
Publicado em 11/04/2008, às 13h55

Químicos são profissionais encarregados de estudar a composição, as propriedades, as transformações e reações da matéria (água, ar, solo e poluentes; minerais e metais; metabolismo etc.).

O profissional dessa área pode desempenhar suas atividades em laboratórios de controle de processos industriais, de controle de qualidade industrial, de bioquímica ou biotecnologia, passando por laboratórios de desenvolvimento e aperfeiçoamento de produtos (fármacos, polímeros, cosméticos, ligas, etc.). Também podem atuar em pesquisa acadêmica e industrial, gerenciamento e consultoria em processos industriais e ambientais, entre outros setores.

“Esse profissional encontra campo de trabalho em empresas petroquímicas, indústrias de cosméticos, química fina, indústria de polímeros, produção de tintas”, afirma Magali Canhamero, coordenadora do curso técnico em Química e Meio Ambiente, ministrado pela Escola Técnica (Etec) Júlio de Mesquita, em Santo André, no ABC paulista.

“O Técnico em Química pode atuar como professor da área, como Químico responsável, assinando, formulando, no controle de qualidade, pesquisa de novos produtos, pesquisa dentro de universidades ou em centros de pesquisas, e também na área de Qualidade, dentro de normalização”, completa a educadora.

Perfil

Confira algumas características exigidas de quem pretende atuar na área Química:

• capacidade de análise, concentração e observação;

• espírito de investigação;

• facilidade para Matemática;

• gosto pela pesquisa e pelos estudos;

• habilidade para trabalhar em equipe;

• interesse pelas ciências;

• muita atenção a detalhes.

“Além de gostar de ler, deve estudar muito. Para estar sempre preparada a pessoa deve gostar de pesquisar, ser atenciosa com tudo o que vai executar, evitando acidentes”, acrescenta Magali.

Curso

O curso técnico de Química da Etec Júlio de Mesquita tem por objetivo formar profissionais capazes de executar ensaios físico-químicos, de participar do desenvolvimento de produtos e de processos, de supervisionar a operação de processos químicos e operações unitárias de laboratório e de produção.

O Técnico formado também deverá saber como operar equipamentos em conformidade com normas de qualidade, de biossegurança e de controle ambiental, bem como interpretar manuais, elaborar documentação técnica rotineira e de registros legais.

“Durante o curso, os alunos realizam estágio obrigatório. Eles também têm de apresentar um TCC (trabalho de conclusão de curso)”, relata Magali, que relaciona, a seguir, as disciplinas que o estudante encontrará ao cursar a modalidade:

• Analises de Processos Físicos Químicos;

• Química Ambiental;

• Tecnologia de Processos Industriais;

• Síntese e Identificação de Compostos Orgânicos;

• Tecnologia de Materiais Inorgânicos;

• Tópicos de Química Elementar;

• Boas Práticas de Laboratórios;

• Comunicação na área Química;

• Analises Químicas Quantitativas;

• Operações Unitárias de Processos Industriais;

• Analise Química Instrumental;

• Eletroquímica-corrosão;

• Relações Interpessoal.

Essas matérias citadas pela coordenadora são ministradas durante os três módulos do curso técnico de Química. Confira, no quadro ao lado, a síntese das competências profissionais exigidas em cada um dos módulos e as suas respectivas certificações concedidas.

Mercado de trabalho

Para a coordenadora da Etec Júlio de Mesquita, há oportunidades para profissionais qualificados, dedicados e atualizados sobre a área.

“Eventuais dificuldades em conseguir estágio nas empresas podem desmotivar o aluno, mas é possível também estagiar na escola, uma experiência que dá aos alunos novas perspectivas sobre a carreira. Sempre há trabalho para o bom profissional, dedicado e atualizado”, analisa a educadora.

“Considero promissora a atuação na área de pesquisa, uma vez que acaba envolvendo viagens, conhecimentos externos”, complementa Magali.

Remuneração

Os salários oferecidos a profissionais da área Química variam de acordo com o empregador. De acordo com a profissional, “para quem vai atuar em petroquímicas o valor inicial é de, aproximadamente, mil reais, mas há salários ‘mais modestos’ em outras áreas, que oscilam entre R$ 400 e R$ 600”.

SÍNTESE DAS COMPETÊNCIAS PROFISSIONAIS

Módulos I e II

1. Utilizar e interpretar normas técnicas de ensaios e especificações;
2. Utilizar instrumentos e equipamentos para ensaio e instrumentos de medição e controle;
3. Interpretar ordens de serviço programadas;
4. Identificar condições de uso de vidrarias;
5. Manusear materiais de análise, aplicando normas de segurança;
6. Analisar e seguir procedimentos definidos pelo sistema de garantia da qualidade;
7. Controlar, estocar, receber e armazenar produtos químicos, responsabilizando-se pela higiene e segurança do ambiente de trabalho;
8. Executar, sob supervisão, análise e teste de natureza física, química e físico-química, utilizando métodos e equipamentos adequados;
9. Executar análises químicas qualitativas e quantitativas, de matérias-primas e de produtos, por meio de técnicas convencionais;
10. Analisar e seguir padrões técnicos estabelecidos e as normas operacionais e de segurança ambiental, bem como as normas específicas para laboratório físico-químico;
11. Interpretar resultados da análise dos ensaios físico-químicos conforme especificação;
12. Efetuar descarte ou reaproveitamento de amostras conforme normas de segurança, saúde ocupacional e de controle ambiental;
13. Aplicar métodos e técnicas normalizados de análise e ensaios para controle da qualidade;
14. Manter máquinas e equipamentos em condições de operacionalização.

Módulo III

15. Controlar a qualidade de matérias-primas, de reagentes, de produtos intermediários e de produtos finais;
16. Realizar análises químicas em equipamentos de laboratório e em processos online;
17. Planejar e executar a inspeção e a manutenção autônoma e preventiva rotineira em equipamentos, em linhas, em instrumentos e em acessórios;
18. Utilizar ferramentas da análise de riscos de processos, de acordo com os princípios de segurança;
19. Aplicar normas de exercício profissional e princípios éticos que regem a conduta do profissional da área de Química;
20. Aplicar técnicas de GMP (good manufacturing pratices – “boas práticas de fabricação”) nos processos industriais e laboratoriais de controle de qualidade;
21. Interpretar e executar análises instrumentais no processo;
22. Coordenar programas e procedimentos de segurança e de análise de riscos de processos industriais e laboratoriais, aplicando princípios de higiene industrial, controle ambiental e destinação final de produtos;
23. Validar resultados de ensaios físico-químicos obtidos em bancadas ou por intermédio de analisadores em linha.
24. Elaborar receitas para fabricação de produtos;
25. Interpretar manuais de operações de equipamentos de medição e ensaios;
26. Selecionar e executar procedimentos técnicos para manutenção e para calibração de equipamentos e acessórios.

Certificações

• Módulos I e II: Auxiliar de Laboratório de Análise Físico-Química (qualificação profissional técnica de nível médio);

• Módulos I, II e III: Técnico em Química (habilitação profissional técnica de nível médio).

Fonte: Centro Paula Souza

Rogerio Jovaneli/SP

+ Resumo do Concurso Profissões e Cursos

Profissões e Cursos
Vagas: Não definido
Taxa de inscrição: Não definido
Cargos: Não definido
Áreas de Atuação: Educação
Escolaridade: Ensino Fundamental, Ensino Médio, Ensino Superior
Faixa de salário:
Organizadora: O próprio órgão

+ Agenda do Concurso

11/04/2009 Divulgação do Resultado Adicionar no Google Agenda

Comentários

Mais Lidas